'A Volta ao Mundo em 80 dias' estreia em abril no CCBB Rio

...

Foto: Mariana Chama /divulgação
Credit...Foto: Mariana Chama /divulgação

De abril a junho de 2022, o CCBB Rio abre as portas do Teatro II para brindar a plateia com a trilogia Viagens Extraordinárias da premiada Cia. Solas de Vento, encenada pela primeira vez no Rio de Janeiro. O programa é composto por três espetáculos: “A Volta ao Mundo em 80 Dias", “Viagem ao Centro da Terra” e “20.000 Léguas Submarinas”, montagens teatrais que provocam o imaginário ao descortinar histórias criadas pelo reconhecido escritor francês Júlio Verne (1828-1905), com livre adaptação do grupo. Os espetáculos, que acumulam importantes prêmios. A estreia será com “A Volta ao Mundo em 80 Dias”, dirigido por Carla Candiotto, em temporada no Teatro II do CCBB Rio de 02 abril a 01 de maio, sábados e domingos, às 16h, com ingressos à venda na bilheteria do CCBB Rio ou antecipadamente pelo site eventim.com.br.

Através das obras literárias encenadas pela Cia. Solas de Vento, os espectadores são convidados a viagens cheias de ludicidade, com momentos imagéticos, delicados e divertidos, pelo ar, pelo mar e nas profundezas do mundo subterrâneo.

Considerado por muitos críticos literários como o inventor da ficção científica, Júlio Verne antecipou em suas obras futuristas e cheia de fantasia a invenção de várias tecnologias, como o submarino, a televisão, as naves espaciais e até o fax. Além disso, durante muito tempo ele foi considerado um dos escritores mais influentes e traduzidos do mundo todo.

Em “A Volta ao Mundo em 80 Dias”, o enredo é composto pela alternância de cenas cômicas e momentos imagéticos. Como num jogo de Tangram, os dois atores manipulam peças de ferro, rodas e sucatas para construir os diversos lugares e transportes usados na viagem. A partir dessas peças aparecem barcos, trens, montanhas, carroça e até um elefante. A encenação conta também com o uso de 3 câmeras de vídeo manipuladas ao vivo para captar e projetar no fundo do palco formas criadas com as sucatas, personagens e ilustrações dos lugares visitados. Uma das câmeras, pendurada no teto, permite revelar a movimentação dos atores deitados no chão para criar imagens inusitadas e trazer uma dimensão fantástica aos episódios da história.

A peça conta a extraordinária aventura de Mr. Fog, um lorde apaixonado por geografia e Passepartout, seu fiel criado francês. Tudo começa quando Mr. Fog descobre que, segundo seus cálculos, eles seriam capazes de dar uma volta completa pelo mundo em 80 dias. Assim, é dada a partida para uma grande viagem repleta de peripécias. Mas eles não contam com a presença do misterioso Mr. Fix, o vilão da viagem, que surge de forma inusitada para atrapalhar a dupla. Atravessando a Europa, o Egito, a Índia, a China, o Japão e os Estados Unidos, os dois aventureiros correm contra o tempo e contra as armadilhas provocadas por Mr. Fix.

Criado em 2011, “A Volta ao Mundo em 80 Dias”, o primeiro espetáculo infantil da companhia foi sucesso de crítica e resultou no prêmio APCA 2011 de Melhor Ator (Bruno Rudolf) e Melhor Direção (Carla Candiotto) e no prêmio FEMSA 2011 de Teatro Infantil na categoria de Melhor Ator, além das indicações de Melhor Produção e Melhor Cenografia.

“Com a afinada dupla de atores (Bruno Rudolf e Ricardo Rodrigues) da Cia. Solas ao Vento em cena, o uso de aparatos tecnológicos está a serviço da história e não o inverso, como comumente ocorre. (…) A montagem instiga a imaginação da plateia infantil, que logo cede ao jogo do faz de conta, amplificado por uma deliciosa trilha sonora.” Gabriela Romeu, sobre A Volta ao Mundo em 80 Dias, no Guia da Folha, 2011. 


CIA. SOLAS DE VENTO 

A Cia. Solas de Vento nasceu em 2007 na cidade de São Paulo, da parceria entre o ator e bailarino francês Bruno Rudolf, mestre do teatro físico, da manipulação de boneco e de técnicas circenses, e o brasileiro Ricardo Rodrigues, artista circense especialista em técnicas aéreas e da palhaçaria. Desde sua criação, a Cia utiliza em sua dramaturgia a mescla de elementos de pantomima ou teatro gestual, sem o uso de palavras, das técnicas circenses e da dança contemporânea. Enquanto as trilhas sonoras originais pontuam a movimentação em cena. Somam-se à identidade do grupo, o emprego de projeção ao vivo de vídeos e a manipulação de objetos. A simbiose desses elementos dá suporte para linguagem e trânsito entre gêneros e cria espaços e situações impactantes.

 

FICHA TÉCNICA

Criação: Carla Candiotto e Solas de Vento / Texto e direção: Carla Candiotto / Elenco: Bruno Rudolf e Ricardo Rodrigues / Direção de arte: Lu Bueno / Figurino: Olintho Malaquias / Ferragens cenográficas: Cia Solas de Vento / Trilha sonora: Exentricmusic (Marcelo Lujan) / Fotos de divulgação © Mariana Chama.


SERVIÇO 

Centro Cultural Banco do Brasil – Teatro II / Rua Primeiro de Março, 66, Centro, Rio de Janeiro. / Informações/tel.: 21 3808-2020 / “A Volta ao Mundo em 80 dias” / Temporada: 02 abril a 01 de maio. Sábados e domingos, às 16h. / Indicado para maiores de 5 anos. / Duração: 70 min / Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$15 (meia) / Os ingressos poderão ser adquiridos na bilheteria do CCBB ou antecipadamente pelo site eventim.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais