Pag. 43 - Cinema em cartão-postal

Os cariocas podem desfr utar agora de novas salas de frente para a lagoa a partir de hoje o país aumenta seu circuito de cinemas, e o carioca ganha novas salas num dos mais famosos cartões-postais da cidade. construído de maneira rápida e sem muito alarde, o cinépolis lagoon oferece seis novas telas, parte de um complexo instalado de frente para o espelho d’água da lagoa rodrigo de freitas.

Fruto do investimento da operadora mexicana cinépolis, já presente em ribeirão preto (oito salas), belém (sete salas), são paulo (oito salas) e salvador (seis salas), o novo empreendimento é o primeiro do grupo no rio. está habilitado a receber 1.114 espectadores em modernas poltronas montadas em salas de última geração, todas no formato stadium, três delas com tecnologia 3d. o local tem estacionamento próprio e, segundo a empresa, contará também com serviço de manobrista e guichês papa-fila (online), a exemplo do que já acontece em aeroportos. além das tradicionais poltronas para namorados, o cinema oferecerá óculos 3d adaptados para a plateia de pequenos e, para a turma com “boca nervosa”, o local vai servir alimentos que saem do lugar-comum, como nachos, crepes, batata frita, frapês, variados tipos de café, entre outros. já o pessoal que adora uma loura gelada também não perde por esperar, pois no cine-bar o visitante poderá beber drinques variados, além do tradicional chope.

Eduardo acuña, presidente da cinépolis no brasil, recebeu convidados da imprensa anteontem para mostrar um pouco dos bastidores da operação antes da inauguração oficial da casa. bastante animado com mais esta etapa da expansão da rede de cinemas no país, o executivo elogiou a mão de obra local e o compromisso com os prazos para a realização do projeto em curto espaço de tempo – cerca de 30 dias.

Sobre os valores de ingressos, problema sempre apontado em pesquisas sobre os hábitos de consumo de cultura, acuña afirmou que a rede irá praticar a política.