cinema

-->de Rubens Lima Júnior. Direção musical de Jules Vandystadt. Supervisão de Marília Pêra. Com Sabrina Korgut, Chris Penna, Fabrício Negri e Rodrigo Cirne. O musical traz a obra do compositor americano George Gershwin, ten- do como pano de fundo encontros e desen- contros românticos, densos, mas bem-humo- rados. -->Teatro Fashion Mall / Sala 2 -->, Shopping Fashion Mall, Estrada da Gávea, 899, 2º piso, São Conrado (3322-2495). Cap.: 291 pessoas. 5ª, 6ª e sáb., às 21h30; dom., às 20h. R$ 40 (5ª), R$ 50 (6ª e dom.) e R$ 60 (sáb.). Es- tudantes e idosos pagam meia. 18 anos. Du- ração: 1h30. Até 19 de dezembro.-->555 -->FRAGMENTOS DO DESEJO -->– Drama- turgia e direção de Artur Ribeiro e André Curti. Com Maya Borker, Matías Chebel, André Curti e Artur Ribeiro. Usando o corpo como principal veículo dramatúrgico, a companhia Dos à Deux traz para a cena a relação pautada pela in- compreensão mútua, segredos e equívocos entre pai e filho. Enquanto o pai partilha um segredo com sua fiel governanta, o filho vive clandestinamente sua condição de travesti, que à noite encanta com sua voz a plateia de um cabaré. -->Centro Cultural Banco do Bra- sil/Teatro 1 -->, Rua Primeiro de Março, 66, Cen- tro (3808-2007). Cap.: 150 pessoas. 4ª a dom., às 19h. R$ 10. Estudantes e idosos pagam meia. 18 anos. 1h30. -->Entre os dias 1º e 12 de outubro, entrada gratuita em comemoração ao aniversário do Banco do Brasil. -->HAMELIN -->– Texto de Juan Mayorga. Direção de André Paes Leme. Com Vladimir Brichta, Alexandre Mello, Oscar Saraiva, Cláudia Ven- tura, Patrícia Simões (Leila Moreno) e Ale- xandre Dantas (Lúcio Fernandes). Um jovem juiz está determinado a provar que um im- portante membro da sociedade abusou se- xualmente de uma criança. Na luta para reunir provas, descobre que não é nada fácil en- contrar os culpados quando as palavras são tudo o que se tem para apurar a verdade. -->Teatro Gláucio Gill -->, Praça Cardeal Arcoverde, s/nº, Copacabana (2332-7902). Cap.: 108 pes- soas. 6ª e sáb., às 21h; dom., às 18h. R$ 30. Estudantes e maiores de 60 anos. 16 anos. Duração: 1h30. Até 31 de outubro. -->HEDWIG E O CENTÍMETRO ENFURECIDO -->– De John Cameron Mitchell. Letras e música de Stephen Trask. Tradução e adaptação de Jo- nas Calmon Klabin e Evandro Mesquita. Di- reção de Evandro Mesquita. Com Paulo Vi- lhena, Pierre Baitelli e Eline Porto. Músicos: Alexandre Griva (bateria), Patrick Laplan (bai- xo), Fabrizio Iorio (teclado) e Pedro Nogueira (guitarra). A trajetória Hedwig Schmidt, uma deusa do rock’n’roll da antiga Berlim Oriental, que é a vítima de um erro médico durante sua operação de troca de sexo. Após sua operação falha, Hedwig é abandona pelo namorado americano e volta se apaixonar. O novo na- morado rouba suas canções, se transforma em uma estrela do rock e passa a ser perseguido por uma irada Hedwig. -->Teatro das Artes -->, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º piso, Gávea (2540-6004). Cap.: 454 pessoas. 6ª e sáb., às 23h30; 4ª e 5ª, às 20h; R$ 60 (4ª e 5ª) e R$ 70 (6ª e sáb.). Estudantes e idosos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h20. Até 6 de novembro. -->A HISTÓRIA DE NÓS 2 -->– Texto de Lícia Manzo. Direção de Ernesto Piccolo. Com Ale- xandra Richter e Marcelo Valle. A comédia explora as diferentes facetas de um homem e uma mulher dentro do casamento e das exi- gências do mundo contemporâneo. -->Teatro Vannucci -->, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 3º piso, Gávea (2274-7246). Cap.: 395 pessoas. 5ª, 6ª e sáb., às 21h30; dom., às 20h. R$ 50 (5ª), R$ 60 (6ª e dom.) e R$ 70 (sáb.). Estudantes e idosos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h15. -->OS HOMENS SÃO DE MARTE... É PARA LÁ QUE EU VOU -->– Texto e interpretação de Mônica Martelli. Direção de Victor Garcia Pe- ralta. O monólogo com cinco anos de sucesso traz as divertidas situações enfrentadas por Fernanda, uma mulher solteira, que no auge dos seus 35 anos sonha encontrar um grande e definitivo amor. -->Teatro dos Grandes Ato- res/Sala Azul -->, Shopping Barra Square, Av. das Américas, 3.555, Barra da Tijuca (3325-1645). Cap.: 396 pessoas. 6ª e sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 60 (6ª) e R$ 70 (sáb. e dom.). Estudantes e idosos pagam meia. 14 anos. Duração: 1h10. Até 31 de outubro.-->55 -->LENTE DE AUMENTO -->– Texto e in- terpretação de Leandro Hassum. Direção de Daniela Ocampo. O humorista faz uma sátira aos aspectos ridículos e inusitados de algumas situações do cotidiano. A cada apresentação, o ator recebe diferentes convidados. -->Teatro dos Grandes Atores/Sala Vermelha -->, Shopping Barra Square, Av. das Américas, 3.555, Barra da Tijuca (3325-1645). Cap.: 396 pessoas. 5ª a sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 60 (5ª, 6ª e dom.) e R$ 70 (sáb.). Estudantes e idosos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h15.-->55 -->MAIS RESPEITO QUE EU SOU MÃE -->– Texto do autor argentino Hernán Casciari. Adaptação e direção de Miguel Falabella. Com Cláudia Jimenez, Ernani Moraes, Frank Bor- ges, Gabriel Borges, Sara Freitas, Séfora Ran- gel e Henrique César. Nalva é mulher es- forçada, que vive brigando com a crise eco- nômica. Aos 50 anos, está preocupada com o desemprego do marido, com o sogro, que planta maconha em casa, e com os três filhos adolescentes às voltas com a puberdade. Além disso, ainda tem de lidar com os afrontamentos típicos da menopausa. -->Teatro Leblon – Sala Marília Pêra -->, Rua Conde Bernadote, 26, Le- blon (2529-7700). Cap.: 456 pessoas. 5ª a sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 70 (5ª e 6ª) e R$ 80 (sáb. e dom.). Estudantes e idosos pagam meia. 18 anos. Duração: 1h30.-->55 -->MARIA DO CARITÓ -->– Texto de Newton Moreno. Direção de João Fonseca. Com Lília Cabral, Leopoldo Pacheco, Fernando Neves, Silvia Poggetti e Dani Barros. No Dia de Santo Antônio, no interior do Nordeste, a solteirona Maria clama por um marido. O problema é que o pai a prometeu para São Djalminha para a salvar de um parto difícil que custou a vida de sua mãe. Só que Maria não desiste de viver um grande amor, ainda que tenha que enfrentar a fúria de toda uma cidade que clama por sua sacrossanta virgindade. -->Teatro dos Quatro -->, Shopping da Gávea, Rua Marquês de São Vicente, 52, 2º andar (2274-9895). Cap.: 402 pessoas. 5ª a sáb., às 21h30; dom., às 20h. R$ 60 (5ª), R$ 70 (6ª) e R$ 80 (sáb. e dom.). Estudantes e idosos pagam meia. 12 anos. Duração: 1h40. -->MARINA -->– Direção e dramaturgia de Miguel Vellinho. Com a Cia. PeQuod de Teatro de Animação. Versão adulta do clássico -->A se- reiazinha -->, do escritor dinamarquês Hans Ch- ristian Andersen. Com a secular técnica do Teatro Aquático de Bonecos do Vietnã, dois aquários e uma piscina que compõem o fundo do mar, e composições de Dorival Caymmi, atores e bonecos contam a história de um a jovem sereia que, apaixonada por um mortal, recorre aos feitiços de uma bruxa, para se aproximar do amado. Só que terá que pagar um preço alto, caso não consiga conquistar o amor do rapaz. -->Centro Cultural Banco do Bra- sil/Teatro 3 -->, Rua Primeiro de Março, 66, Cen- tro (3808-2007). Cap.: 80 pessoas. 4ª a dom., às 20h. R$ 10. Estudantes e idosos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h15. Até 10 de outubro. -->Entre os dias 1º e 12 de outubro, entrada gratuita em comemoração ao ani- versário do Banco do Brasil. -->O MATADOR DE SANTAS -->– Texto de Jô Bilac. Direção de Guilherme Leme. Com Angela Vieira, Izabella Bicalho, Rafael Sieg. Parti- cipação de Tonico Pereira. Jorgina é uma mulher ácida e autoritária que vive com marido e filha num pequeno apartamento. Repleta de certezas a respeito de tudo, começa a sus- peitar que seu vizinho seja um assassino, conhecido como o matador de santas. -->Oi Futuro Flamengo -->, Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo (3131-3060). Cap.: 84 pessoas. 6ª a dom., às 19h30. R$ 15. Estudantes e idosos pagam meia. 16 anos. Duração: 1h20. -->OS MISERÁVEIS -->– Adaptação da obra de Victor Hugo pelo dramaturgo francês Guy La- foret. Tradução e direção de Paulo Afonso de Lima. Com Rafael Bernardino, Abílio Campos, Altair Rodrigues, Ângela Valério , Lú Gondim mais elenco de 30 atores. Em Paris, em maio de 68, um grupo de atores se prepara para a estreia do espetáculo -->Os miseráveis -->. No mes- mo dia, a cidade ferve com as manifestações estudantis que marcariam o século 20. Os fatos atuais e se misturam com os acontecimentos de 1815, quando se implantava a República e a Monarquia era derrubaba. -->Teatro Ipanema -->, Rua Prudente de Morais, 824, Ipanema (2523-9794). Cap.: 245 pessoas. 6ª e sáb., às 21h30; dom., às 20h. R$ 50. Estudantes e idosos pagam meia. Livre. Duração: 1h20. -->MUITA MULHER PRA POUCO MUSICAL -->– Idealização de Aurora Dias e Menelick de Carvalho. Direção de Cláudia Ricart. Direção musical de Dani Calazans. Com Aline Car-