Brasil tem 134 mil mortos e 4,4 milhões de casos em pandemia

Com 987 novos registros de óbitos, o Brasil atingiu nessa quarta-feira (16) a marca de 134.106 mortos pelo coronavírus (Sars-CoV-2), informou o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass).

A taxa de letalidade da Covid-19 continua em 3% enquanto a taxa de mortalidade está em 63,8 para cada 100 mil habitantes.

Já os novos casos contabilizaram 36.820 entre ontem e hoje, elevando para 4.419.083 o total de pessoas infectadas pelo vírus desde março. A taxa de incidência da doença é de 2.102,9 a cada 100 mil habitantes.

O estado de São Paulo continua liderando o ranking de maior quantidade de casos absolutos, com 909.428, e o de óbitos, com 33.253. Já a Bahia é a segunda em número de infecções, com 287.685, e Minas Gerais é o terceiro, com 258.595.

Entre as vítimas, depois de São Paulo, aparece o Rio de Janeiro, com 17.342, e o Ceará fecha o top 3 com 8.764. O estado fluminense se mantém com a maior taxa de letalidade do país, com 7%, seguido por Pernambuco (5,7%). Todos os demais estados têm índices abaixo de 3,8%.

A média móvel de casos em sete dias voltou a subir e está em 31.599, enquanto a de morte registrou uma leve queda para 795.(Com agência Ansa)