#Fisweek: saúde brasileira pode dar um grande salto, mas precisa de investimentos

.

Cinco dias de debates conseguem apontar caminhos para a transformação de área tão complexa como a da saúde? Entre os dias 08 e 12 de novembro, a Iniciativa FIS colocou no ar a #Fisweek, com painéis sobre saúde e assuntos como tecnologia, inovação e ESG para tentar encontrar soluções para o futuro do setor.

Com a realização de três eventos simultâneos, o Fórum Inovação Saúde 2021 (#FIS21), o Symetria (#SYM21) e o Company Meetings (#COMMeets21), a #Fisweek contou com a participação de 230 debatedores e totalizou mais de 80 horas de programação. Nomes de lideranças como dos ex-ministros da Saúde Nelson Teich, Luis Henrique Mandetta e José Gomes Temporão, do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, da presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, da educadora Neca Setúbal e da coordenadora da Rede Análise Covid-19, Mellanie Fontes-Dutra, passaram pelo palco da conferência.

Diversos temas foram discutidos, mas o cenário pós-pandemia apareceu em praticamente todos os debates. Para a ampla maioria dos participantes, a crise provocada pela covid-19 acelerou transformações no mundo, na forma das pessoas se relacionarem e também na área da saúde.

Para o presidente da Iniciativa FIS, Josier Vilar, a #Fisweek deixou claro que a saúde brasileira pode dar um grande salto, mas necessita de investimentos em tecnologia, inovação e desenvolvimento de um completo industrial forte. “A certeza é que durante esses cinco dias, contribuímos para a saúde do Brasil, trazendo lideranças de outros setores, para debater caminhos que podem ser seguidos também pelo setor da saúde”, avaliou.

 

Conteúdo online

Realizada de forma totalmente online, a #Fisweek contabilizou mais de 300 mil visualizações durante esta semana. Mas todo o conteúdo permanece disponível no canal da Iniciativa FIS no YouTube. O material pode ser acessado em português, espanhol e inglês, e conta com tradução em libras.

 

Fisweek 2022

A Iniciativa FIS fará duas edições da #Fisweek em 2022. A primeira será realizada em maio, quando serão produzidos pelo menos quatro eventos: o Kolmeya (#KIS22), Commeets (#COM22.1), Lygga, focado em educação na saúde, e o Fiesa, focado em marketing. A edição de maio deve ser em formato híbrido. A segunda edição está marcada para novembro.

 

Prêmio Edson Bueno

Todo ano, a Iniciativa FIS concede o prêmio Edson Bueno com o objetivo de reconhecer o trabalho de empresas e pessoas que se destacaram no setor da saúde. Durante a #Fisweek, os vencedores da edição deste ano foram revelados. Cinco empresas que produzem vacinas contra covid-19, AstraZeneca, Fundação Oswaldo Cruz e Instituto Butantan, Janssen Global e Pfizer, receberam a homenagem.

 

Iniciativa FIS

Criada em 2017, a Iniciativa FIS é uma entidade sem fins lucrativos que reúne líderes da área da saúde, empresas e acadêmicos para debaterem sobre temas de grande relevância para o Brasil e para o mundo. A organização tem a missão de criar conexão do setor da saúde por meio de conteúdo que traga acessibilidade e facilite o atendimento da população.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais