'BBB 12': Veja quem virou notícia antes do programa

Big Brother se tornou um programa famoso por revelar participantes polêmicos. Muitas vezes, antes mesmo da estreia, como o cabeleireiro francês Sérgio, da primeira edição do programa. Ele veio morar no Brasil com um visto de trabalho. Porém, como ele pediu demissão do salão em que trabalhava para entrar no primeiro BBB, tornou-se ilegal. Quando soube disso, a Polícia Federal quis tirá-lo do programa ainda na semana de estreia. Mas a Globo conseguiu contornar a situação.

Dhomini, ou melhor, André Augusto Ferreira Fontes, já começou o programa encrencado, quando se descobriu que o assessor parlamentar respondia a dois processos por agressão em Goiânia. Também circulou na época uma notícia falsa que o acusava de ter matado um jovem numa briga de trânsito. Mas nada disso queimou o filme do vencedor do BBB 3.

Miss Brasil 2002, ano anterior ao programa, Joseane Oliveira tinha omitido um fato importante à organização do concurso: seu casamento,divulgado quando ela entrou no BBB. Como as misses não podem ser casadas, ela perdeu o título, que foi repassado à segunda colocada no concurso. 

Capa da Playboy antes mesmo de entrar na casa, a modelo argentina teve fotos quentes divulgadas na imprensa por um diretor de filmes pornográficos. Nelas, ela fazia um strip-tease numa boate catarinense.Na época, Antonella confirmou que era ela nas fotos, mas que não passavam de brincadeira. Outro fuzuê foi relativo à origem das fotos: o dono da boate disse que elas haviam sido roubadas pelo diretor, Sady Baby, morto em 2008. 

A modelo Mayra Cardi entrou algumas semanas depois da estreia do programa, quando participou da Casa de Vidro. Na época, foi divulgado um vídeo no qual ela faria sexo oral no seu então marido, o jogador de futebol paranaense Marcelo Faria.

Quando Maria foi anunciada, logo apareceram vídeos dela como Meg Melilo, uma das mais requisitadas garotas do extinto site DreamCam, em 2002. Lá, ela fazia strips particulares aos usuários. Segundo notícias da época, Maria teria exigido a retirada dos vídeos do ar, o que não chegou a acontecer. 

Quando o nome da primeira transexual da história do BBB, foi divulgado, logo surgiram na internet fotos nuas dela, do tempo em que Ariadna trabalhava como garota de programa na Europa, e antes da cirurgia de mudança de sexo.

Primeira sister anunciada na edição de 2012, a modelo teria namorado a cantora Nise, do programa Ídolos, da Record. Nise nega a história, mas encheu o seu twitter de palavras de incentivo para Fernanda. Porém, a modelo não aguentou a polêmica e desistiu de participar do BBB ainda durante o confinamento no hotel. 

No mesmo dia em que seu nome foi anunciado, um vídeo no qual Yuri estaria se masturbando vazou na internet.