'BBB12': Depois de boatos, amigos de Mayara negam que sister seja atriz pornô

Uma das participantes do Big Brother Brasil 12, Mayara Medeiros é arte educadora, mas trabalha mesmo é no mercado de filmes de sexo explícito. Antes mesmo do programa começar, ela parece ser uma das participantes que mais tem causado polêmica.

Primeiro disse no Twitter que queria "pegar 501 minas antes de virar de ano", depois um amigo da nova sister desmentiu que ela fosse lésbica. Além disso, Rufião, em entrevista ao F5, afirmou ainda que a amiga nunca quis entrar no reality show.

A nova polêmica envolvendo a sister é de seu envolvimento com vídeos pornográficos. Mayara trabalhava na Xplastic, produtora de altporn (filmes pornôs considerados "modernos"). Por isso, ela teria sido alvo de boatos que a apontavam também como atriz pornô.

Os amigos que trabalham com Mayara na produtora deixaram um comunicado oficial no site mantido por eles, o Xplastic. No pronunciamento, eles falam sobre o preconceito com que as pessoas estão tratando a moça e esclarecem que ela não trabalha como atriz pornô.

Leia na íntegra:

"Um pronunciamento oficial as vezes cai bem.

Como a @brancanoescuro, também conhecida como Mayara, nossa produtora e amiga de longa data esta no #BBB12 queremos esclarecer algumas coisas.Ela é nossa amiga pessoal e se envolveu muito em tudo o que fizemos nos últimos anos, e sua contribuição tem sido muito importante para tudo continuar funcionando por aqui. Ela não é atriz, nunca fez nada que não fosse nos bastidores, mas não teria problema nenhum em ser, ou fazer, se quisesse. Ela é fã das atrizes, admira a coragem (que os conservadores chamarão de “falta de vergonha na cara”) de todo mundo que faz o entretenimento adulto, vulgo pornografia, existir.

Aqui na Xplastic sempre estivemos no limite entre a pornografia e as atividades mais admiradas pela sociedade. Vidas duplas, múltiplas personalidades, essas coisas são divertidas, mas perigosas. Agora ela vai saber o que acontece quando as pessoas te conhecem (ou pensam que te conhecem) um pouco mais, e ligam os pontos entre sua existência subterrânea e sua vida social bonitinha e aceitável.

Teremos um pequeno massacre de comentários tristes, preconceitos velhos que não dá pra acreditar que ainda existem, e outras coisas lamentáveis, mas estaremos todos rindo no final. Não importa se durar uma semana, ou muitas. Ela aceitou o risco da hiper-exposição, e todo mundo que aceita riscos merece respeito.

Se vocês querem saber o que ela pensa sobre sexo, leia esta entrevista, ela me ajudou a editar e se identificou e emocionou com cada frase.

Temos muitas críticas ao BBB, desde as mais babacas e ranzinzas até as mais sofisticadas e cheias de charme com citações de filósofos franceses e etc. Mas agora alguém que gostamos muito esta no jogo. Então as regras mudam, não somos mais independentes, temos um vínculo sentimental e vamos torcer por ela a cada paredão ou sei lá o que.

Desejamos que ela volte com a maior quantidade de grana possível, e que as pessoas que acharem tudo isso muito estranho aproveitem a oportunidade para experimentar a tolerância e o respeito.Boa sorte Mayara!Para finalizar uma citação da Diana J. Torres que a Mayara gosta muito, e é bastante apropriada para este momento.“O que eu não gosto na pornografia comercial é que ela tenha sido usada durante muito tempo como arma pedagógica, para ensinar as pessoas como foder e com quem foder, que corpos são desejáveis ??e que corpos não são, gerando muita frustração pela incapacidade da maioria das pessoas de ajustar suas realidades sexuais ao tipo de ficção e exagero que a pornografia comercial vende e incentiva.” (No lugar de “pornografia comercial” estão também outros agentes, produzindo os mesmos efeitos)"