Os preços piraram de vez

Belo Horizonte também pirou nos preços. Amigo da coluna, habitué da capital mineira, conta que uma latinha de Coca Cola que custa R$ 6 no aeroporto de Confins. O salgado mais barato sai por R$ 15. Um suco de laranja, copo pequeno, R$ 8 reais. Cadê as promessas do governo sobre concorrência de fornecedores de alimentação nos aeroportos? Aliás, por que perder tempo em perguntar? Nesse governo tudo se promete e nada se cumpre.