Cofres abertos

Em ano pré-eleitoral, a Alerj resolveu abrir os cofres. A Mesa Diretora lançou editais de pregão presencial e concorrência pública que estão entre os mais onerosos da história do Parlamento. São eles, por ordem de valores:

1. Reestruturação da TV Digital Governamental (TV Alerj) - R$ 9,33 milhões


2. Desenvolvimento e implementação de portal na Internet - R$ 2,86 milhões.


3. Contratação de empresa para administrar o abastecimento de combustíveis da frota - R$ 2,65 milhões.


4. Elaboração de projeto de arquitetura para construção da nova sede da Alerj - R$ 2,3 milhões.

Estamos falando somente dos processos abertos este ano. Em 2012, a agência Staff abocanhou a conta de publicidade do Legislativo, por R$ 11,4 milhões.