Padre Miguel Alon e Paulo Kramer falam sobre a JMJ

A Globo de Brasilia exibe hoje a entrevista que o padre Miguel Alon, mestre em teologia dogmática e professor do Seminário S. José e o cientista político Paulo Kramer deram ao repórter Fábio William.

O foco do programa foram os mais de 500 jovens brasilienses que viajaram ao Rio para trabalhar como voluntários na Jornada Mundial da Juventude.

Kramer fez um paralelo entre o Brasil de hoje, visitado pelo papa Francisco, e o país que, em 1980, recebeu João Paulo II, lembrando que, naquela ocasião, a presença de "João de Deus" ajudou as multidões que o saudaram a perder o medo de ir para a rua e reivindicar a volta da democracia.