Voto aberto na agenda positiva de Dilma

O governo federal espera uma nova onda nacional dos protestos para o 7 de setembro. Com isso, Dilma Rousseff quer intensificar a agenda positiva ao longo de agosto.

Um ponto que deverá ser abraçado pelo governo é a aprovação da emenda à Constituição que determina voto aberto dos congressistas em processos de perda de mandato.