Para Renan Calheiros pensar

Renan Calheiros, que anda tão preocupado em acabar com o serviço médico, criando caso com médicos concursados, deveria frear as absurdas e inúteis viagens de senadores ao exterior.

É uma cretinice sem fim e são os servidores da casa que acabam pagando o pato. Ontem, por exemplo, a Comissão de Relações Exteriores autorizou o primeiro-secretário Flexa Ribeiro a se ausentar do país de 4 a 9 março para "missão oficial" organizada pela embaixada da Suíça.

Detalhe: o tucano Flexa, paraense, é monoglota de pai e mãe.