MPB-4 homenageia Magro com canção inédita em show no Rio

O belo show do MPB-4, neste sábado (26), em que eles tocaram canções já consagradas e apresentaram parte do recente disco “Contigo aprendi”, contou com a presença da dupla Wagner Tiso e Tunai na plateia. Os músicos fazem show nesta terça-feira (29) no mesmo Teatro Rival, no que Tiso classificou para amigos como "uma nossa brincadeira". 

Miltinho, do MPB-4 abriu a noite apresentando uma inédita. Ele musicou um poema de Paulo Cesar Pinheiro sobre a amizade, em homenagem ao amigo Magro, que faleceu ano passado.  

Confira abaixo a letra na íntegra e alguns registros do evento pelo click de Cristina Granato. 

Amigo do Peito Miltinho e Paulo Cesar Pinheiro 

Eu tinha um amigo dileto. De um tempo qualquer bem antigo. Ele era um sujeito correto. Consigo, com o mundo e comigo.

Cresci com esse amigo do peito. Do lado de mim no perigo.Lutávamos do mesmo jeito. Os dois, contra o mesmo inimigo.

Um día esse amigo foi embora. É triste mas é como eu digo. Por ele todo mundo chora. E a sua saudade é um castigo. 

A dor de uma perda é uma dor. Que eu quero entender, não consigo. Por que se perder um amor? Por que ver morrer um amigo?