No Brasil é rotina

No INSS, ninguém se surpreendeu com a ideia do ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, de que os idosos cometam suicídio para poupar despesas do Estado.

Nossa previdência já suicida os velhinhos, só que lentamente demais para o gosto da burocracia. E o método escolhido é a raiva.