Orquestra Sinfônica Petrobras abre temporada 2013

A Orquestra Petrobras Sinfônica (OPES) já iniciou a venda de ingressos para a suas assinaturas de 2013. Ao todo, são dez concertos divididos em duas séries de cinco apresentações: a série “Dijanira”, sextas-feiras à noite e a série “Portinari”, aos sábados à tarde, todos no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Entre os artistas confirmados, além de Isaac Karabtchevsky, seu diretor artístico, estão grandes nomes como os maestros Günter Neuhold, Edvard Tchivzhel, Carlos Prazeres e José Guadalupe Flores, o violoncelista Mischa Maisky, o violinista Julian Rachlin, a harpista Cristina Braga e os pianistas Nelson Freire, Emma Schimidt e Jean Louis Steuerman. 

A temporada celebra o bicentenário do nascimento de Richard Wagner, com o soprano Gun-Brit Barkmin apresentando “Wesendonck Lieder” e o “Liebestod de Tristão e Isolda”; e os 200 anos do nascimento de Giuseppe Verdi, com as “Quatro Peças Sacras” junto ao Coro Sinfônico do Rio. Também serão homenageados o centenário de nascimento de Benjamin Britten, com o “Concerto para piano nº 1” e orquestra e os 100 anos da “Sagração da Primavera”, de Stravinsky. 

Mantendo a tradição de apresentar importantes obras brasileiras, a orquestra apresentará o “Oratório Cênico do Rio de Janeiro”, em comemoração aos 85 anos de Edino Krieger, a “Sinfonia n° 3”, “A Guerra”, de Villa-Lobos e a primeira audição mundial da peça “Duas Danças Latino-americanas”, de Ronaldo Miranda, obra comissionada pela orquestra.