Implantes de risco

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) verificou alto índice de ruptura nas próteses de silicone da marca francesa PIP.

Porém, a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) recomenda que as pacientes substituam os implantes quando houver recomendação médica.

O mesmo vale para as próteses Rofil. O posicionamento se baseia em recente estudo inglês segundo o qual o silicone contido nos implantes não apresenta risco à saúde. 

Portanto, as mulheres sem problemas no implante podem se tranquilizar, pois não há necessidade de se adotar procedimentos de urgência. Ainda assim, devem procurar seu médico para orientações mais específicas.