Cobras, lagartos e leões em Suplicy

No Dia do Trabalhador passado, um dia após o fim do prazo de declaração do imposto de renda, o senador Eduardo Suplicy estava em uma pizzaria paulistana com um dos filhos e a futura nora, quando foi abordado por um homem.

Revoltado, o sujeito soltou cobras e lagartos no senador. Explica-se: na véspera, também havia recebido a mordida do Leão e, com toda a razão, não estava nada satisfeito em pagar tanto por serviços públicos tão ruins.