Veto: Senadores dão recado para Dilma Rousseff

O outro lado da crise na base

Não foi só um mero recado que os senadores deram a Dilma Rousseff ao vetar a recondução do nome de Bernardo Figueiredo para a presidência da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), embrião da crise que levou o Palácio do Planalto a trocar os líderes no Senado. 

Havia outros interesses em jogo. 

Figueiredo estava para lançar na ANTT o edital de um projeto que obrigaria 90% das linhas de ônibus interestaduais e internacionais de todo o país passarem a ser licitadas. 

Cerca de 200 empresas teriam seus interesses prejudicados. Ao rejeitar Figueiredo, nome de confiança de Dilma, os senadores só juntaram a fome de castigar Dilma com a vontade de defender os interesses de empresas que historicamente são grandes doadoras de campanhas eleitorais.