"Que falta o Lula faz!" , diz o Congresso

"Que falta o Lula faz!" 

A frase tem sido repetida diversas vezes pelo Congresso nos últimos dias. 

Se o ex-presidente Lula da Silva estivesse bem de saúde e articulando à vontade para Dilma Rousseff, essa crise com a base rebelada não existiria. 

O PMDB seria mais manso, o PR não ameaçaria deixar a base e nem o PT estaria tão descontente como está com Dona Dilma. Mas, cá entre nós, as seguidas portas na cara que a presidente tem dado na cara desse pessoal, não cedendo a chantagens ou pressões, é o primeiro movimento, ainda que tímido, feito pelo PT contra o fisiologismo na política em quase 10 anos no poder.