Multas menores: presidenta da Fenavega tem muito o que comemorar

Multas menores  

O presidente da Federação Nacional das Empresas de Navegação (Fenavega), Meton Soares, comemora uma vitória que, embora parcial, ele considera importantíssima. 

O diretor da Agência Nacional de Transportes  Aquaviários (Antaq), Tiago Lima, comunicou à entidade que a multa máxima  aplicável pela agência cairá de R$ 200 mil para R$ 100 mil, em relação ao transporte de cargas pelos rios. 

Meton pleiteava que o teto fosse igual ao  imposto pela agência de rodovias eferrovias - ANTT - de R$ 3,5 mil, mas mesmo assim está muito contente com o avanço.  - As multas devem ensinar, não inviabilizar empresas - diz.