Projeto que protege direitos dos usuários  de serviços de transporte aéreo é aprovado no Senado

Unanimidade contra as voadoras 

Em atitude que mostra a quantas anda o prestígio das empresas aéreas, a comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou, por unanimidade o projeto da senadora Ângela Portela ( PT –RO), que protege direitos dos usuários de serviços de transporte aéreo. 

Leia mais:

O texto pune práticas como suspensão de frequência, cancelamento de vôos, dumping, cobrança adicional por serviços essenciais ou overbooking.

 O relator, Roberto Requião, afirmou que a proposta é pertinente e oportuna.

- Hoje a norma das empresas é desrespeitar os direitos do cidadão, acrescentou. 

Requião não estava presente, seu voto foi lido pelo senador Luiz Henrique, do PMDB de Santa Catarina. Também endossando críticas às empresas aéreas, assim como o senador petista Delcidio Amaral.