Covid-19: duas semanas após feriados, casos e mortes crescem no RJ

.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Credit...Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Duas semanas depois do início do superferiado de dez dias, o Rio de Janeiro registrou aumento no número de casos e mortes por covid-19. São Paulo, que também teve um feriado no mesmo período, teve uma redução no número de casos, apesar de registrar alta de mortes em relação a 25 de março.

No Rio de Janeiro, foram registrados nessa quinta (8) 2.756 casos e 220 mortes por covid-19, praticamente os mesmos números de 1º de abril (quando os óbitos atingiram recorde no país): 2.769 e 222, respectivamente.

Em relação a 25 de março (duas semanas atrás), ou seja, último dia útil antes do feriado de dez dias, houve aumentos de 16,2% nos casos (2.372) e de 77,4% na média de óbitos (124).

São Paulo
Em São Paulo, por outro lado, o número de casos melhorou em relação a 14 dias atrás e ao dia 1º de abril. Quinta (8), foram registrados 14.421 casos da doença, 19,6% abaixo do pico de 1o de abril e (17.933) e 7,8% inferior a 14 dias antes (15.646).

Em relação às mortes pela doença, São Paulo teve 715 óbitos, um aumento de 50,5% em relação a 25 de março (475). Diferentemente do Rio de Janeiro, os paulistas conseguiram, pelo menos, reduzir as mortes em relação ao pico de 1o de abril (890): -19,7%.

Brasil
No país, foi registrada nessa quinta (8) uma média diária de 2.820 mortes, 9,5% abaixo do recorde de 1o de abril (3.117) mas 23,7% acima de duas semanas antes (2.280).

Em relação aos casos da doença, foi registrada uma média diária de 62.859 registros ontem, 15,3% abaixo de 1o de abril (74.239) e 18,4% a menos que duas semanas antes (77.050).(com Agência Brasil)



As escolas públicas e particulares do Rio de Janeiro retomam hoje (7) as aulas presenciais depois de quase duas semanas de paralisação. As escolas haviam fechado as portas no dia 26 de março por dez dias, devido ao feriado estadual decretado na cidad... <a class="g1-link g1-link-more" href="https://www.tudoemdia.com/2021/04/07/covid-19-escolas-do-rio-reiniciam-hoje-aulas-presenciais/">More</a>
Arpoador e praia de Ipanema, na zona sul da cidade. Rio ficaram com as praias vazias após decreto com restrições para evitar o avanço da covid-19