Jornal do Brasil

Internacional

Atirador mata 4 e fere 7 na Flórida

Jornal do Brasil

jACKSONVILLE - Pelo menos quatro pessoas morreram e sete ficaram feridas em um ataque cometido durante um torneio de videogame em Jacksonville, na Flórida (EUA), realizado em um restaurante dentro do complexo comercial e de entretenimento Jacksonville Landing. O atirador, um homem branco ainda não identificado, agiu sozinho e foi executado pelas forças de segurança no local.

A tragédia ocorreu durante uma competição do jogo Madden 19, que é baseado na Liga Nacional de Futebol Americano (NFL). Segundo um dos participantes do torneio, em declarações para o jornal “LA Times”, o atirador estaria jogando na competição e teria iniciado o massacre após perder.

“Não temos outros suspeitos pendentes neste momento”, disse o xerife Mike Williams durante coletiva de imprensa. “Só temos um suspeito neste caso. Ele morreu no local. É um homem branco e ainda estamos trabalhando para confirmar sua identidade”, afirmou.

Mais cedo, a polícia havia informado que não estava claro se outro atirador teria participado do ataque e que estava fazendo buscas no complexo. O torneio era uma etapa classificatória para as finais em Las Vegas, que terão prêmio de US$ 25 mil.

Em um vídeo perturbador, aparentemente captado como parte de uma transmissão em streaming do site Twitch, vários disparos de arma de fogo podem ser ouvidos ao fundo, antes de a conexão cair. O site retirou o vídeo, mas ele permanecia disponível nas redes sociais.

Ainda não se sabe as motivações do ataque. O governador da Flórida, Rick Scott, ofereceu o apoio do estado para as vítimas e familiares após o tiroteio. O senador republicano pela Flórida Marco Rubio disse que o FBI e o Birô de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos investigam o caso. O estado da Flórida tem sido alvo de vários ataques do tipo nos últimos anos.



Recomendadas para você