Jornal do Brasil

Internacional

Japão protesta com a China após veto ao trabalho de jornalista

Jornal do Brasil

O governo do Japão protestou ante a China, que impediu ao trabalho de um jornalista nipônico de um jornal conservador em uma reunião entre diplomatas dos dois países.

Nesta quarta-feira, o ministério chinês das Relações Exteriores vetou a presença de um jornalista do Sankei Shimbun - jornal nipônico próximo aos nacionalistas - no início de uma reunião entre o chefe da diplomacia chinesa, Wang Yi, e o vice-chanceler japonês, Takeo Akiba.

Outros jornalistas japoneses enviados para acompanhar a reunião boicotaram o evento para expressar o descontentamento.

"O governo japonês considera que o respeito aos direitos fundamentais, incluindo a liberdade de expressão, é um valor universal na comunidade internacional e que estes direitos são importantes em qualquer país", afirmou o porta-voz do governo de Tóquio, Yoshihide Suga.

"A partir deste ponto de vista é extremamente lamentável que este tipo de caso aconteça e protestamos ante a China", completou.

kh-kap/cn/jvb/fp



Recomendadas para você