Jornal do Brasil

Internacional

'Tempo urge' para população devido às sanções dos EUA, diz Irã

Jornal do Brasil

As sanções americanas contra o Irã devem ser suspensas imediatamente, porque "o tempo urge" para a população, que "já sofre profundamente" com seu restabelecimento - declarou o representante iraniano na Corte Internacional de Justiça (CIJ) em Haia, nesta quarta-feira (29).

O Irã apresentava seus argumentos finais no julgamento iniciado em julho contra Washington para obter a retirada das sanções que o presidente Donald Trump reimpôs à República Islâmica.

"O tempo urge para a República Islâmica do Irã", declarou aos juízes o representante iraniano, Mohsen Mohebi.

"Milhões de pessoas que vivem no país já sofrem profundamente as sanções restabelecidas pelos Estados Unidos", acrescentou.

Em maio, o presidente americano, Donald Trump, retirou os EUA do acordo sobre o programa nuclear iraniano firmado por Teerã e pelas grandes potências em 2015 e por meio do qual a República Islâmica se compromete a não buscar se dotar de armas atômicas.

À decisão sobre a saída seguiram-se duras sanções americanas contra o Irã, entre elas o bloqueio a transações financeiras e às importações de matérias-primas, assim como medidas punitivas contra as compras nos setores automobilístico e de aviação comercial.

Na terça-feira, os Estados Unidos defenderam que a retomada das sanções é necessária para proteger a segurança internacional e rejeitou a competência da CIJ para o julgamento solicitado pelo Irã.

Às primeiras sanções americanas, impostas em meados de agosto, vão-se somar outras medidas em novembro, voltadas para os setores de petróleo e gás, centrais na economia iraniana.

Várias empresas internacionais anunciaram que vão deixar o país, após o restabelecimento das sanções.

Teerã afirma que as medidas americanas são "violações flagrantes" das disposições do tratado entre Estados Unidos e Irã de 1955, que prevê "relações cordiais" entre os dois países e estimula as trocas comerciais.

Ambos não mantêm relações diplomáticas bilaterais desde 1980.

 

rlp/cvo/jhe/cls/sgf/mb/tt

 



Recomendadas para você