Jornal do Brasil

Esportes

Jogo com Cruzeiro fará de Gum o décimo jogador que mais atuou pelo Fluminense

Jornal do Brasil

Quando Gum chegou ao Fluminense, em 2009, participou da missão quase impossível de livrar a equipe do rebaixamento. Em sua 13ª partida com a camisa tricolor, marcou o gol que abriu o caminho para a histórica virada por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, um divisor de águas para alcançar o milagre. Nove anos, centenas de jogos e alguns títulos depois, Gum reencontra o adversário no mesmo local, hoje, ás 21h, desta vez para atingir uma marca pessoal histórica.


O zagueiro se igualará a Marcão como décimo jogador que mais atuou pelo clube, com 397 partidas. A comemoração veio por antecipação ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, na última quarta-feira.


“Sinto muita alegria e gratidão por estar próximo de atingir uma marca tão especial pelo Fluminense. Por conta da sequência de jogos, nem penso muito nisso. Quando penso que estou perto dessa marca, me emociono um pouco. Passei por tanta coisa aqui e sinto muita alegria. Fazer parte da história de um clube tão vitorioso como o Fluminense é uma honra”, vibrou o camisa 3.


Parceiro de Gum em diversas oportunidades nas duas passagens pelo clube, Digão será desfalque por conta de cláusula no contrato de empréstimo. A vaga fica com Ibañez, que chegou a ser titular quando Marcelo Oliveira optou pelo esquema com três zagueiros. A defesa tricolor não sofre gol há três jogos.


“Tenho um bom entrosamento com o Ibañez. Ele tem um potencial enorme. Tem nos ajudado muito. Ele entrou no treino de bola parada, então está tudo bem. Não tem muita diferença com o Digão. Temos que entrar sempre muito concentrados”, analisou Gum.


Apesar do Cruzeiro enfrentar o Flamengo daqui a quatro dias, na decisão da vaga nas quartas de final da Libertadores, o Fluminense não terá sua vida facilitada em Belo Horizonte. Mano Menezes já poupou metade dos titulares contra o Grêmio, na última rodada, e deve mandar os principais jogadores a campo hoje.


Cruzeiro: Fábio, Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Raniel. Fluminense: Júlio César, Gilberto, Gum, Ibañez e Ayrton Lucas; Richard, Jadson, Dodi e Sornoza; Matheus Alessandro e
Pedro. Juiz: Rafael Traci (PR).



Tags: futebol

Recomendadas para você