Jornal do Brasil

Esportes

CBF nega pedido do Fla para adiar partida

Jornal do Brasil

Fora da Libertadores e em terceiro lugar no Brasileiro, o Flamengo escolheu como sua prioridade agora a Copa do Brasil, competição em que já está nas semifinais. Ontem o clube fez mais uma manobra para tentar contar com Lucas Paquetá, no primeiro jogo contra o Corinthians. Enviou um ofício à CBF pedindo o adiamento da primeira partida, marcada para o dia 12/9, para 19 de setembro. Recebeu um sonoro não como resposta.

Macaque in the trees
Lucas Paquetá: Flamengo está tentando de tudo para contar com o meia na Copa do Brasil (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

“Estamos muito decepcionados. A CBF demonstrou que não respeita a competição que ela própria organiza. Está interferindo no equilíbrio técnico do principal torneio mata mata do futebol brasileiro. A situação já era inadmissível pois a motivação era a realização de amistosos inexpressivos da seleção”, lamentou o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

O Flamengo já tinha tentando, sem sucesso, junto à CBF a liberação do jogador das partidas da seleção contra Estados Unidos (7/9) e El Salvador (11/9).

Segundo o presidente rubro-negro o Corinthians não teria apoiado a iniciativa do Flamengo. “Soube que o Corinthians não quer o adiamento. É natural. Eles serão beneficiados.

Ontem, o meia Robinho, do Cruzeiro, ironizou as declarações do goleiro Diego Alves, que disse ter visto estampado no rosto dos jogadores da equipe mineira o medo da eliminação durante o jogo de quarta-feira, vencido pelo Flamengo por 1 a 0. “Se a gente ganhou de 2 a 0, imagina o medo de quem perdeu de 2 a 0, né. A gente vai falar da nossa classificação, estamos entre os oito melhores. Vamos trabalhar para as quartas de final. Quem não está nas quartas, em pelo menos duas quartas feiras vai ter que nos assistir na telinha”, devolveu Robinho.



Tags: futebol

Recomendadas para você