Jornal do Brasil

Economia

Fed fará tudo a seu alcance ante a inflação ou uma crise

Jornal do Brasil

O presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Jerome Powell, afirmou nesta sexta-feira que a instituição fará tudo que estiver em seu poder para reagir ante um eventual aumento da inflação ou uma crise.

O chefe do Fed, criticado pelo presidente Donald Trump pelos aumentos das taxas de juros, assegurou que o Comitê Monetário do organismo assumirá suas responsabilidades se a inflação disparar, afirmando que, por ora, a economia não está reaquecida.

Em um discurso de viés muito acadêmico na conferência de Jackson Hole, no Wyoming, Powell se absteve de responder às críticas de Trump ou de fazer menção ao risco econômico que representa uma política comercial de tributos alfandegários.

Esta semana, Trump, quebrando uma tradição de respeitar a independência do banco central, reiterou seu descontentamento com a política monetária que lentamente duplicou as taxas este ano e que espera fazê-lo mais duas vezes até o final do ano.

Atualmente as taxas se situam entre 1,75% e 2%.



Recomendadas para você