Jornal do Brasil

Cultura

"Palavra líquida - O universo dos quadrinhos" reúne bate-papos com ilustradores, cinema, teatro e outras atividades

Jornal do Brasil

Aquecimento para um festival internacional planejado para acontecer no ano que vem, o “Palavra líquida - “O universo dos quadrinhos” acontece de hoje ao dia 2 de setembro no Sesc Tijuca. Além de bate-papos com importantes nomes de HQs, haverá cursos, oficinas, exposições, espetáculos de teatro e música, exibição de filmes, entre outras atividades - tudo com entrada franca.

A 4ª edição do evento literário, que a cada vez se dedica a um tema diferente, está trazendo nomes internacionais, como os ilustradores angolanos Tche Gourgel e Olímpio de Souza, criadores do Luanda International Cartoon Festival, e o português Nelson Dona, diretor do Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora. Entre os brasileiros, estão o paulista Marcelo D’Salete - vencedor do Prêmio Eisner 2018, o Oscar dos quadrinhos - e Marcello Quintanilha, que teve recentemente a sua HQ “Tungstênio” adaptada para o cinema. Completam a lista André Dahmer, Fabiane Langona, Rafael Coutinho, Rafa Campos Rocha, Luiz Gê, Octavio Cariello, João Marcos, Sidney Gusman, Amaro Braga, Sônia Luyten, Jô Oliveira, Shiko, Paula Puiupo, Mariana Paraizo, Gabriela Masson, Lucio Oliveira, Waldomiro Vergueiro, Thiago Modenesi e Robson Costa.

Macaque in the trees
Trabalho do angolano Tche Gourgel

O gerente de Cultura do Sesc RJ, Alemberg Quindins, adianta que esse “Palavra líquida” é o embrião para um evento internacional de quadrinhos, que vai começar a tomar forma em 2019. “Estamos planejando um grande evento, em que os artistas participantes assinarão uma carta pela criação de um festival internacional no Rio, assim como os de Portugal, Espanha e França”, explica.

Na parte de música, o Sesc recebe hoje, às 20h, show da banda Biltre. Os Siderais, que no palco têm “identidade de super-heróis extraterrestres”, se apresentam no dia 2/9. ´Na programação de cinema de amanhã, às 18h, haverá a Sessão Angeli, com documentários sobre o cartunista e seus personagens, além da exibição da animação “Wood & Stock: Sexo, orégano e rock’n’ roll”. A cineasta Beth Formaggini participa do bate-papo, após as exibições.

No domingo, às 17h30, está programado o Cine Concerto Caligari, uma releitura em monotipia do clássico alemão “O gabinete do Doutor Caligari” assinada pelo artista plástico Alexandre Teles. Na quarta, o quadrinista Marcello Quintanilha conversa com o público após a sessão do longa “Tungstênio”, de Heitor Dhalia. Ao longo de todo evento haverá a exibição de outros curtas-metragens sobre o tema.

Nas artes cênicas, o destaque é “Acordei cedo no dia em que morri”, montagem do grupo Vigor Mortis, que leva o público para um passeio na mente do cineasta Ed Wood, nos dias 30 e 31/8, às 19h. Nos dias 1º e 2/9, no mesmo horário, o grupo apresenta “A macabra biblioteca do Dr. Lucchetti”, outro espetáculo de seu repertório.

Macaque in the trees
Marcelo D´Salete ganhou o “Oscar” dos quadrinhos

Ao longo dos sete dias, o público poderá visitar, na Casa Rosa do Sesc Tijuca, a exposição “A palavra líquida – O universo dos quadrinhos”. A mostra apresenta o universo dessas histórias , da investigação dessa linguagem, da cena dos quadrinhos no Brasil, além dos caminhos possíveis de cruzamento desta com outras linguagens, e mais as influências e inspirações para as diferentes gerações.

Além de conhecer mais sobre o gênero, o público poderá participar de oficinas. No domingo, haverá, inclusive, uma festa cosplay a céu aberto, quando professores vão ensinar maquiagem cinematográfica e efeitos especiais.

O evento marca também a abertura da Gibiteca do Sesc Tijuca, que funcionará junto à biblioteca. Um espaço semelhante funcionará no Sesc Duque de Caxias e ambos receberão o nome de Gibiteca João Carpalhau, uma homenagem ao quadrinista do coletivo Capa Comics, da Baixada Fluminense morto em julho.

PROGRAMAÇÃO DE BATE-PAPOS

Sábado

14h – “Charges hoje” com André Dahmer (RJ), Fabiane

Langona (RS) e Ota Assunção (RJ)

15h - “Quadrinhos: entre a estética e a narrativa” com

Marcello Quintanilha (RJ)

16h - “Quadrinhos hoje: no Brasil e no mundo” com

Nelson Dona (Portugal) e Waldomiro Vergueiro (SP)

Domingo

15h - “Quadrinhos e transgressão” com Luiz Gê (SP) e

Rafa Campos Rocha (SP)

16h - “Estúdios de quadrinhos e produção independente”

com Octavio Cariello (PE) e Sidney Gusman (SP)

17h - “Mangá hoje” com Amaro Braga (PE) e Sônia

Luyten (SP)

1/9

14h – “Quadrinhos pelo Brasil” com Jô Oliveira (PE),

Shiko (PB) e João Marcos (MG)

15h - “Quadrinhos e experimentações” com Paula Puiupo

(SP), Mariana Paraizo (RJ) e Paulo Brandão

16h – “Quem tem medo de quadrinhos: tabus e revoluções”

com LoveLove6 (Brasília) e Marcelo D’Salete (SP)

2/9

15h – “Cartunista: um ofício” com Lucio Oliveira (PR) e

Rafael Coutinho (SP)

16h – “Quadrinhos na África: uma experiência” com

Olimpio de Sousa (Angola) e Tche Gourgel (Angola)

17h – “Quadrinhos na academia: Estudos e caminhos”

com Thiago Modenesi (PE) e Robson Costa (RJ)



Tags: hq

Recomendadas para você