Jornal do Brasil

Ciência e Tecnologia

Cosmonautas russos conseguem conter vazamento de ar na cápsula da EEI

Jornal do Brasil

Um vazamento de ar na nave Soyuz MS-09, que se encontra acoplada ao laboratório orbital, foi contido graças aos cosmonautas russos que fazem parte da tripulação da Estação Espacial Internacional (EEI), comunicou nesta quinta-feira (30) o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin.

"O trabalho para restaurar a hermeticidade na EEI foi concluído. O controle será realizado dentro de 12 horas" para determinar o estado da nave, escreveu Rogozin em sua conta no Twitter.

Na quinta-feira (30), quando houve uma queda na pressão na cabine, o vazamento de ar foi identificado em uma das duas naves Soyuz.

A abertura de um milímetro na cápsula da nave, acoplada à EEI em junho, foi possivelmente formada pelo impacto de um micrometeorito ou detritos espaciais, permitindo que o ar vazasse.

Nesta sexta-feira (31), o Centro de Controle de Missão da EEI na Rússia irá rever a pressão na cápsula e decidir que ação tomar no futuro. A nave em questão, é a mesma que deve transportar três membros da tripulação da EEI de volta à Terra em dezembro, e que deve servir como nave salva-vidas em caso de emergência no laboratório orbital, informou a AP.



Recomendadas para você