Pesquisa mostra disputa acirrada pela prefeitura de São Paulo

Portal Terra

SÃO PAULO - A eleição para a prefeitura de São Paulo está tecnicamente empatada. Segundo uma pesquisa da Toledo & Associados, a liderança nas intenções de voto para o 1º turno é de Geraldo Alckmin (PSDB), com 27,6%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Pela margem de erro do levantamento, o tucano está empatado com Marta Suplicy (PT), que tem 22,3% das intenções de voto. Ela, por sua vez, está próxima de Gilberto Kassab (DEM), que tem 20,4%.

Outros candidatos citados foram Paulo Maluf (PP - 10,3%), Luiza Erundina (PSB - 7,7%), Paulinho da Força (PDT - 2,3%). Os potenciais candidatos Zulaiê Cobra (PHS) e Aldo Rebelo (PC do B) tiveram menos de 1% das intenções de voto e Soninha Francine (PPS) não foi incluída na pesquisa.

O candidato com maior rejeição é Maluf, com 35,2% afirmando que não votariam nele de jeito nenhum. Marta é a segunda, com 21,6%, seguida por Kassab (9,9%), Erundina (5,8%) e Alckmin (5,3%).

A pesquisa da Toledo & Associados fez três simulações de segundo turno. A surpresa ficou por conta da possível derrota da candidata do PT para o atual prefeito da cidade. No confronto direto entre os dois, Marta ficaria com 41,9% dos votos contra 45,1% de Kassab.

Nas demais simulações, o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin bateria Marta (55,2 contra 35,1%) e Kassab (54,9 contra 31%).

A pesquisa ouviu, entre os dias 7 e 10 de março, 1.020 paulistanos de 16 anos ou mais em entrevistas domiciliares. A margem de erro do levantamento é de 3,1 pontos percentuais.