Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Trânsito

Semana Santa e outros feriados...

Celso Franco

Não é apenas o comércio - que gera parte dos recursos governamentais através dos impostos que paga - que sofre com o excesso de feriados ou pontos facultativos. O motorista também, e como...

Na quinta-feira, 17, quando estava redigindo este artigo, tomei conhecimento da volta do competente secretário Alexandre Sansão à direção do trânsito e transporte da nossa cidade.

Mandei-lhe um email de cumprimentos, plagiando uma música do filme “Helo Dolly”, quando  diz: “It´s nice to have you back were you belong” (é agradável tê-lo de volta ao local ao qual você pertence). Afinal, voltou  a gerir o trânsito um especialista, engenheiro de tráfego, em substituição de um político, de fina educação e enorme dedicação para resolver o que não podia resolver. Tentei, e me ofereci para ajudá-lo, face a amizade que me ligava a seu avô, sem resultado. Só me resta lhe desejar sucesso na sua carreira política, agora que se tornou conhecido do publico votante. Já é meio caminho andado para a sua eleição, sempre uma loteria, que jamais me seduziu. Talvez deva minha boa saúde, apesar de minha avançada idade, a esta minha decisão.

Vou tentar, de novo, junto a um profissional do ramo, ajudá-lo para remover as dificuldades, que não são poucas, em face da ignorância do problema e, por via de conseqüência, não acharem a solução.

Tomei também conhecimento de que vai ser interrompida a principal porta de entrada do Rio, a Avenida Brasil, de domingo de Páscoa até quarta feira, para obras da uma via expressa do BRT, a Transcarioca que, segundo declarou, honestamente, o prefeito: “Teremos alguns problemas, principalmente, na volta do feriado segunda-feira.”

Fique tranqüilo, senhor prefeito, que vão esticar até quarta-feira da outra semana, graças ao feriado de Tiradentes e ao ponto facultativo de São Jorge, diminuindo o problema do fechamento da principal via de acesso ao Rio.

Já na tentativa de cooperar, tentei falar por telefone com o secretário Sansão, sem sucesso. Ninguém atendia. Lembrei-me de falar com a CET Rio e fui, prontamente atendido, gentilmente, informando-me que era ponto facultativo, para a prefeitura, somente eles estavam trabalhando, face ao dito fechamento. Ao lhes dar os parabéns, pelo espírito público, lembrei –lhes  que deveriam, antes desta mega operação, ter feito a pesquisa de origem do tráfego que demanda à Avenida Brasil, em grandes feriados. Por sentimento, acredito que o volume de tráfego que vem da Angra dos Reis e adjacências, ou seja, da rodovia Rio-Santos, seja o preponderante e que deveria ser desviado por Santa Cruz e Campo Grande, até a Barra, via o túnel de Grota Funda, aliviando, de muito, o problema do bloqueio do caminho principal.

Respondeu-me, a gentil atendente, que deveriam estar pensando em fazer isto, ao que respondi, com toda franqueza: “Não creio que tenham esta competência”.

E continuando, sugeri, embora não esteja seguro, que acreditava que o tráfego, oriundo das cidades serranas, poderia ser desviado para Linha Vermelha, antes da obstrução da Avenida Brasil, aliviando o problema.

Pedi que fizesse chegar à presidência da CET Rio as minhas colaborações. Agradeci desejando a eles feliz Páscoa.

Tudo isto está acontecendo, graças à infeliz coincidência dos feriados junto aos tradicionais da Semana Santa que, como li traz enorme prejuízo ao comércio, e eu acrescentaria, aos motoristas, ansiosos de curtir o justo descanso, que pode ser posto a perder na difícil volta para casa.

O secretário Sansão, dentro do equilíbrio e bom senso que o caracterizam, aconselhou aos que saíram do Rio, a esticarem um pouco mais, retornando na quinta-feira, após a abertura do bloqueio da Brasil.

A outra solução, amarga e desgastante, é viajar nas altas horas da madrugada, a fim evitar o desgaste inevitável.

O ideal mesmo é seguir o velho conselho de nossos avós: “Boa romaria faz quem em sua casa fica em paz”, foi o meu caso.

Tags: Celso, coluna, JB, texto, Trânsito

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.