Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

Sol Maior

Harpas no Rio de Janeiro

Harpas no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é a capital da harpa, todos os anos, graças o RioHarpFestival, realizado pelo projeto Música no Museu. Os concertos estão lotados para ver as diferentes modalidades da harpa com seus intérpretes já conhecidos do público carioca. Orquestra nova, pianista talentosa, músicos conhecidos. Poucos enigmas, mas todos decifráveis, logo abaixo. Com tantas opções, vale a pena clicar na foto para pensar e decidir como fazer a agenda musical. Boa semana!

CESGRANRIO

A Orquestra Sinfônica Cesgranrio se apresenta no dia 14 de maio às 11 h, no palco da Sala Cecília Meireles. O conjunto foi criado pelo presidente da Cesgranrio, Carlos Alberto Serpa, que explica que "A criação desta Orquestra é um sonho antigo e uma necessidade cultural. A música é uma forma de levar cultura a todos os nossos jovens e queremos oferecer esta chance especialmente aos alunos de escolas públicas, que não têm essa oportunidade no dia a dia. Nós vamos levar a música, através do virtuose desta orquestra, a escolas, universidades, centros culturais e teatros. É mais uma contribuição que a Cesgranrio traz para a cultura do estado do Rio de Janeiro."

Além do objetivo de contribuir para o desenvolvimento sociocultural da cidade do Rio de Janeiro e do país, a Fundação Cesgranrio vê no projeto uma forma de oferecer formação musical e artística, proporcionar o desenvolvimento pessoal e criar oportunidades de profissionalização para jovens músicos. 

O concerto do próximo dia 14, terá a regência do maestro  Eder Paolozzi, e fará ouvir a estréia carioca de “Brasília”, uma abertura sinfônica do compositor Mario Ferraro, obra vencedora do celebrado concurso de composição Camargo Guarnieri , em 2005. No programa ainda a Sinfonia nº 7 de L.V.Beethoven e o Concerto para Violino e Orquestra em Ré Menor do compositor Jean Sibelius, como solista convidado o violinista Ângelo Martins. 

Ingressos e informações: 2332-9223

Sala Cecília Meireles 

Rua da Lapa, 47 - Centro

 

TANNHÄUSER

Dia 14 de maio será a estréia da ópera Tannhäuser, de Richard Wagner no Festival Amazonas com a assinatura de Caetano Pimentel.

SALA

Estarão no palco da Sala Cecília Meireles, hoje às 20h, Edu Lobo,voz, Romero Lubambo, violão e guitarra, Mauro Senise,sax alto,sax soprano, flauta, flauta baixo,piccolo, Bruno Aguilar,contrabaixo,Mingo Aráujo, percussão e a participação especial de Cristóvão Bastos, piano. O repertório da noite será autoral.

Ingressos e informações: 2332-9223

Sala Cecília Meireles 

Rua da Lapa, 47 - Centro

MÚSICA NO PALÁCIO

O Museu da Justiça - Centro Cultural do Poder Judiciário, apresenta dia 16, às 19h, na Sala Multiuso do CCMJ ,a pianista Patrícia Glatzl, uma das pianistas expressivas da nova geração do piano, orientada pela professora Myrian Dauelsberg.

 

Informações: 3133-3366

Sala Multiuso

Antigo Palácio da Justiça

Rua Dom Manuel, 29 - Térreo – Centro

Distribuição de senhas a partir das 18h30min

RIOHARPFESTIVAL

Continua o festival internacional de harpas, com concertos lotados, o que já era de se esperar, uma vez que a cidade precisa de eventos como esse e o público espera um ano para a realização do RioHarpFestival.

A coluna informa a programação da semana.

Dia 13 de maio

12h30  - Luis Zaracho-harpa – Paraguai

              Museu do Exército - Forte de Copacabana

              Praça Eugênio Franco - Posto 6 – Copacabana

15h - Orquestra da Ação Social pela Música

         Participação especial Armando Becerra, harpa - Brasil / Perú

         Museu do Exército - Forte de Copacabana

         Praça Eugênio Franco - Posto 6 - Copacabana

18h - Marcelo Penido, harpa - Brasil

         Aline Driade, canto - Brasil

         Daniel Bandeira,violão - Brasil

         Centro Cultural Banco do Brasil

         Rua 1º de Março, 66- Teatro I

Dia 14 de maio

14h - Angelica Salvi ,harpa - Espanha

         Tocho Vasquez, sintetizador - Espanha

         Museu do Exército- Forte de Copacabana.

         Praça Eugênio Franco - Posto 6 – Copacabana

16h - Luis Zaracho-harpa – Paraguai

         Ilha Fiscal

19h - Amy McAllister, harpa – Irlanda

         Centro Cultural Banco do Brasil

         Rua 1º de Março, 66- Teatro I

Dia 15 de maio

12h30 - Kobie du Plessis - harpa – África do Sul

             Centro Cultural Banco do Brasil

             Rua 1º de Março, 66- Teatro I

15h - Angelica Salvi ,harpa - Espanha

         Tocho Vasquez, sintetizador - Espanha

         Centro Cultural Banco do Brasil

         Rua 1º de Março, 66- Teatro I

18h - Pre Raman  - miniharpa, ngoni-harpa africana

         Centro Cultural Banco do Brasil

         Rua 1º de Março, 66- Teatro I

 20h - Amy McAllister, harpa - Irlanda

          Jóquei Clube da Gávea - Salão Nobre

          Praça Santos Dumont - Gávea

Dia 16 de maio

14h - Solain Rosillo, harpa - Colômbia

         Centro Cultural Justiça Federal -  Sala de Sessões

         Av. Rio Branco, 241 - Centro 

16h30  - Amy McAllister, harpa - Irlanda

              Centro Cultural Justiça Federal -  Sala de Sessões

              Av. Rio Branco, 241 - Centro 

 18h - Angelica Salvi ,harpa - Espanha

         Tocho Vasquez, sintetizador - Espanha

20h - Kobie du Plessis – harpa - África do Sul

         Iate Clube do Rio de Janeiro

         Av. Pasteur, 333 - Urca

Dia 17 de maio

12h30 - Solain Rosillo, harpa - Colômbia

             Centro Cultural Banco do Brasil

             Rua 1º de Março, 66- Teatro I

15h - Camerata Uerê - Brasil

         Participação especial de Kobie du Plessis, harpa – África do Sul   

         Centro Cultural Banco do Brasil

         Rua 1º de Março, 66- Teatro I

18h - Kobie du Plessis, harpa – África do Sul   

         Centro Cultural Banco do Brasil

         Rua 1º de Março, 66- Teatro I

Dica da semana - Yuja Wang e Claudio Abbado

Tags: Luiza, coluna, maior, nobre, sol

Compartilhe: