Jornal do Brasil

Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

Sol maior

Sarah Chang toca amanhã no Rio

Maria Luiza Nobre

O recital mais esperado da semana é sem dúvida o da Série Dell’Arte Concertos Internacionais de amanhã,dia 4 de junho,às 20h30,quando subirá ao palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro,uma das maiores violinistas da atualidade, a norte-americana Sarah Chang. Filha de pais coreanos a seríssima criança prodígio já aos 8 anos, teve a sorte de tocar com a Filarmônica de Nova Iorque regida pelo maestro Zubin Mehta,e desde então encantou as platéias do planeta se tornando uma das mais cativantes e geniais musicistas da atualidade.Chang foi nomeada em 2011 como Embaixadora Artística dos Estados Unidos e em 2006 foi eleita uma das “20 Mulheres Top” pela revista Newsweek.

A violinista Sarah Chang com o maestro Marcelo Lehninger
A violinista Sarah Chang com o maestro Marcelo Lehninger

A gravação mais recente da violinista foi para o selo EMI Classics,seu vigésimo álbum pela gravadora, executando os concertos para violino de J.Brahms e M.Bruch com Kurt Masur e a Philharmonie de Dresden, muito aclamada pela crítica e pelo público, além da sua gravação de excelência das Quatro Estações de Vivaldi considerada como uma das mais carismáticas feita por uma violinista. 

Outro dado interessante é que Sarah usa em seus concertos um violino Guarnieri del Gesù de 1717,além da variedade de arcos,todos franceses, usados de acordo com o programa de cada apresentação.

Para o recital de amanhã,a artista contará com o  pianista Julio Elizalde e apresentarão juntos no programa o Cantábile op.17 de Nicolo Paganini, a Chacona em Sol Menor de Tomaso Vitali, a Suíte deWest Side Story de Leonard Bernstein e a Sonata nº2 para Violino e Pianoem Ré Maior op.94 de Sergei Prokofiev. Ingressos e informações 2332-9191.

Tags: coluna, maior, nobre, sol, texto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.