Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Sol maior

Rio de Janeiro não tem Festival de Verão?

Maria Luiza Nobre

Semana de calmaria com série de concertos que não descansa e a coluna sempre pergunta a razão pela qual o Rio de Janeiro não tem um Festival de Verão?  Calor seria a resposta, mas na semana passada com a realização do Ciclo Beethoven pela Dell’Arte no Espaço Furnas Cultural a resposta não foi precisamente culpando o calor. Com o auditório lotado nos dois dias está claro que oferecendo boa música os espaços ficam lotados e o ar condicionado era ótimo. Sempre sugeri um festival de uma semana com concertos barrocos, que combinam muito bem com o verão. Na Europa e nos Estados Unidos é muito comum a realizações de festivais de verão,e combinamos, que lá o calor também é desconfortável, mas a climatização soluciona o problema. A coluna continua com a sugestão,quem sabe para o próximo verão o Rio de Janeiro tem um Festival de Verão?

MÚSICA NO MUSEU – A série de concertos dedica o mês de fevereiro aos Clássicos do Carnaval,l e este ano a novidade é que os concertos são também dedicados aos sons mágicos da Música Árabe e Indiana.Emoções e sensações e imagino que os concertos estarão todos lotados,e como são todos realizados com entrada franca, os lugares serão,claro,muito disputados. Hoje às 12h30,na Casa de Rui Barbosa apresentação da Orquestra Opus com programa Dvorak, Alberto Nepomuceno e J. S. Bach.

Dia 31,às 12h30 no Museu Histórico Nacional, recital do violonista Marcos Brito dedilhando páginas de Bach,Villa-Lobos,Dilermando Reis,Garoto,João

Pernambuco e Nonato Luiz. Começando o mês de fevereiro,dia 1º às 11h30,no Parque das Ruínas,apresentação do Grupo Sangeet Amanda na Índia,com programa sobre “Meditação com Música,Dança e Histórias Indianas” e os estilos de música executados serão Qawwali  e Bhajans e a dança no estilo Kuchipudi e popular. Dia 2,às 11h30,no Museu de Arte Moderna,o MAM,recital da pianista Adriana Kellner com programa Villa-Lobos, Chopin, Ernesto Nazareth. Dia 3,às 12h30 na Biblioteca Nacional, apresentação do grupo Bossabeça com Clássicos Brasileiros. Dia 4,às 20h,no Iate Clube do Rio de Janeiro,concerto com Rildo Hora,gaita e a pianista Fernanda Canaud com um programa Guerra-Peixe. Dia 5.às 12h30 no Centro Cultural Banco do Brasil,na Tenda, será a vez de Guta Menezes, harmônica e trompete e Flávio Paiva, piano com o programa “Os clássicos da  Música Instrumental Brasileira”.

WINDS – O Grand Symphonic Winds, com regência de Matthew George,que é considerado um dos importantes regentes de instrumenhtos de sopros dos Estados Unidos, faz o concerto do dia 30 às 18h30 na Igreja da Candelária com entrada franca.

RUSALKA – A primeira ópera exibida ao vivo na Rede UCI, será Rusalka do compositor tcheco Antonin Dvorak ,e faz parte da temporada de 2014 do Metropolitan Opera House de Nova York, que como todos sabem vai até maio. Será a primeira participação da super cantora Renée Fleming,que tanto encantou o Rio no palco do Theatro Municipal, no projeto “MET ao vivo em HD” interpretando o papel da sereia Rusalka. No elenco também  Piotr Beczala como o belo príncipe, Dolora Zajick como a bruxa cacrejanye e Emily Magee como a princesa rival de Rusalka, todos conduzidos por Yannick Nézet-Séguin. Para maiores informações sobre o evento acessar o site: www.ucicnemas.com.br.

Dica da Semana:

Leonard Bernstein executa Mozart

Tags: canaud, com, e a pianista, fernanda, gaita, guerra-peixe, hora, um programa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.