Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Sol maior

'O Quebra Nozes' no Theatro Municipal

Maria Luiza Nobre

O ano está em seus últimos acordes,e com dezembro chega o Natal, época das apresentações do tradicional balé O Quebra Nozes, um mais populares deste planeta,com a linda música de P.I.Tchaikovsky. O Theatro Municipal do Rio de Janeiro encerra sua programação anual e apresenta o clássico natalino com a versão da festejada e competente Dalal Achcar,que fez uma expressiva versão da criação original de  Marius Petipa e Lev Ivanov para as 14 récitas que serão realizadas de 13 de dezembro até 5 de janeiro de 2014.

Segundo Carla Camurati, presidente da Fundação TMRJ, “A temporada anual de O Quebra-Nozes no nosso Theatro é aguardada ansiosamente por todos nós e pelo público. E, com certeza, é o melhor programa dessa época do ano para toda a família”.

Já Dalal Achcar comenta “Tenho uma relação muito especial com este ballet, que dirigi pela primeira vez em 1974, e que passei a dirigir no Theatro Municipal do Rio,desde 1981.Gosto especialmente porque a história tem uma magia única e desperta um clima de fraternidade que deveríamos ter sempre. É uma obra que agrada a todas as idades”.

“Encerrar o ano com O Quebra-Nozes significa manter uma tradição maravilhosa dentro do Theatro Municipal, tanto por se tratar do mais tradicional ballet de fim de ano de todo o mundo, quanto pelo significado e resultado que este ballet traz consigo”, diz Silvio Viegas, Maestro Titular da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal.

Seguindo a programação artística elaborada pelo Maestro Isaac Karabtchevsky, responsável artístico da instituição, a produção é grandiosa, com mudança de quatro cenários, em cena aberta, graças a uma equipe de 65 técnicos. No palco serão 123 bailarinos, 71 do Balé do Theatro Municipal e 52 alunos da Escola de Dança Maria Oleneva,mais os 89 músicos da Orquestra Sinfônica do TM e 44 membros do Coro.

A história do balé tem a menina Clara,como personagem principal,que ganha de presente do padrinho um quebra-nozes no formato de um soldadinho,o que a deixa logo encantada. Mas para sua tristeza um de seus irmãos quebra o brinquedo com o pé. Clara tem o consolo no seu padrinho que consertou o soldadinho. Quando Clara vai dormir é que começa o sonho e uma magia que não vou contar mais, para não tirar a surpresa do belíssimo balé,apesar de ter começado com um toque de tristeza.

Para saber mais antes dos espetáculos, é só assistir ao projeto Falando de Ballet, com a realização de palestras gratuitas sobre o espetáculo com uma hora de duração. O início será uma hora e meia antes do começo de cada récita, no Salão Assyrio,com entrada franca mediante a apresentação do ingresso para o balé. O palestrante será Paulo Megaço, professor da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa que contará também aspectos da montagem. A regência será do maestro Silvio Viegas,regente titular da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Como são muitas récitas,informamos todas as datas ,os horários e os solistas para melhor agendamento e escolha dos leitores. 

 O Quebra Nozes 

Balé,Orquestra Sinfônica e Coro do Theatro Municipal do Rio de Janeiro,regência do maestro Silvio Viegas

Música de P.I.Tchaikovsky e concepção,coreografia e Mise-en-Scène de Dalal Achcar.

Cenários e figurino de José Varona e direção artística do Balé do TMRJ de Sergio Lobato.

Alunos da Escola Estadual Maria Olenewa com direção de Maria Luisa Noronha. 

Récitas  

Estréia dia 13 de dezembro, às 20h

Dias 14, 17, 18, 20, 21, 27 e  28 de dezembro,às 20h

Dia 15, 22 e 29 de dezembro às 17h

Dias 3 e 4 de janeiro de 2014 às 20h e dia 5 às 17h 

Solistas 

Cláudia Mota e Moacir Emanoel  - dias 13, 14, 27 e 29/12 e 04/01/2014

Karen Mesquita e Cícero Gomes  - dias 15 e 17/12

Márcia Jaqueline e Moacir Emanoel  - dias 18 e 20/12

Karen Mesquita e Filipe Moreira  - dias 21 e 22/12

Márcia Jaqueline e Cícero Gomes  - dias 28/12, 03 e 05/01/2014 

Para maiores informações: 2332-9191.  

É um ótimo presente de Natal e começo do Ano Novo, poder assistir várias vezes, com diferentes solistas, o sonho de Clara.

E vem aí a lista dos 10 melhores espetáculos do ano,na última semana de dezembro. Aguardem.

Tags: coluna, JB, maior, nobre, sol

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.