Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018 Fundado em 1891

Sol Maior

Semana de frenesi musical no Rio. Confira a programação

Maria Luiza Nobre

Nesta semana, o Rio está em ritmo prestíssimo com concertos dos mais variados, grandes orquestras e belas vozes também. Vale a pena conferir e assistir todos os concertos, que são um verdadeiro frenesi musical.

BREMEN - Inicialmente era um grupo de alunos de música excepcionais e com um sólido nível musical. Hoje, é a Deutsche Kammerphilharmonie Bremen, uma das principais orquestras de mundo, que sobe ao palco do Teatro Municipal, dia 22, às 20h30, sob a direção do regente e violinista Christian Tetzlaff.

Confira, em breve, a agenda da semana

Violinista Christian Tetzlaff rege a orquestra alemã no Rio
Violinista Christian Tetzlaff rege a orquestra alemã no Rio

 O conjunto foi fundado em 1980 tornando-se, desde 1998, um componente essencial ao Festival Musica de Bremen, onde desenvolve vários projetos educacionais assim como inovadoras colaborações com instituições para adultos.

 Considerada pela imprensa japonesa como a melhor orquestra do mundo em 2010, foi convidada pelo Festival Beethoven de Bonn a apresentar as nove sinfonias do compositor alemão em apenas três dias.

 O violinista e regente Tetzlaff é solista das mais importantes orquestras americanas e,  no primeiro semestre, foi regido pelo brasileiro Marcelo Lehninger no Carnegie Hall em Nova Iorque. Na apresentação do Rio,será o solista dos Concertos para Violino de Mozart e de Mendelssohn, completando o programa com a Sinfonia nº 80 de Haydn. Ingressos no local.

 BEETHOVEN

 Continuando o Festival Beethoven, a Orquestra Sinfônica Brasileira executa nesta quinta-feira (18), a Sinfonia nº 6 em Fá Maior op.68, conhecida como Pastoral e a Sinfonia nº 7 em Lá Maior op.92. Dia 20 será a vez da Sinfonia nº 8 em Fá Maior op.93 e da Sinfonia nº 9 em Ré Menor op.125, também conhecida como Coral.

 É a única sinfonia de Beethoven que combina unicamente instrumentos e voz, sendo uma das mais importantes obras do gênio alemão. Os solistas serão a soprano Gabriela Pace, a contralto Edinéia de Oliveira, o tenor Marcelo Vanuci e o barítono Licio Bruno, além da participação do Coro de Crianças da OSB e do coro Sinfônico do Rio de Janeiro.

 Como regente desse festival, o célebre Lorin Maazel, que foi convidado a ser o próximo regente da Orquestra Filarmônica de Munique na Alemanha. Nova apresentação no dia 21, no mesmo local.

O maestro Lorin Maazel será o regente do Festival Beethoven
O maestro Lorin Maazel será o regente do Festival Beethoven

Tags: christian tetzlaff, festival beethoven, lorin maazel, musica classica

Compartilhe: