Jornal do Brasil

Quarta-feira, 25 de Abril de 2018 Fundado em 1891
Sol Maior

Colunistas - Sol Maior

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais estreia no Teatro Municipal do Rio

Jornal do Brasil Maria Luiza Nobre

Considerada uma das melhores orquestras do Brasil, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais é formada, atualmente, por 85 músicos e tem apenas quatro anos de existência. Seu ótimo trabalho tem o reconhecimento da crítica especializada e do público, que lota os concertos.

Confira, em breve, a agenda da semana

 O diretor artístico e regente titular é o maestro Fábio Mechetti, paulista, e que tem as mesmas funções na Orquestra Sinfônica de Jacksonville, nos Estados Unidos, onde estudou na célebre Juilliard School de Nova York. É regente emérito da Orquestra Sinfônica de Spokane e foi regente associado de Mstislav Rostropovich, na Orquestra Nacional de Washington.

 O solista do concerto será o pianista francês Pascal Rogé que tocará o Concerto nº 5 em Fá Maior op. 103, o Egípcio de Camille Saint Säens. 

O programa conta também com a estreia de Aura no Rio, do compositor mineiro Sergio Rodrigo, vencedor do concurso de composição promovido pela própria orquestra. Terminando o programa com as suítes nº 1 e 2, as famosas Daphnis et Chloé de Maurice Ravel.

 Os votos de sucesso da coluna ao Maestro Fábio Mechetti e sua orquestra.

O maestro Fábio Mechetti é o regente titular da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais 



Tags: fabio mechetti, musica classica, orquestra filarmonica de minas gerais, pascal roge, teatro municipal

Compartilhe: