Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

País - Sociedade Aberta

Novas oportunidades de negócios no campo

André Lobo Faro*

Nos últimos anos, um dos setores da economia brasileira que mais cresceram foi o agronegócio. Números do Ministério da Agricultura destacam que o PIB do setor é de 1 trilhão de reais, o que corresponde a cerca de 20% da economia nacional, 41% das exportações vêm do campo; além disso, 25 a 30 milhões de pessoas trabalham nesse setor, correspondendo a 30% das pessoas ocupadas no pais, seja de forma direta ou indireta.

Os dados são extremamente positivos e mostram que o campo se transformou em um importante nicho de mercado, mesmo diante de um período de recessão econômica. Investir no agronegócio passou a ser uma oportunidade de alta lucratividade. E quando falo em trabalhar no campo, não me limito apenas aos trabalhadores rurais, é possível investir também na comercialização de equipamentos e insumos agrícolas.

Um levantamento apresentado pela Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas (CSMIA), da Abimaq, aponta que o segmento de equipamentos e máquinas de pequeno porte teve uma expansão de 15% em 2013, com faturamento de aproximadamente R$ 12,4 bilhões. Isso mostra que o campo se modernizou nos últimos anos. Hoje, existe uma grande demanda pela mecanização dos processos produtivos, o que torna o trabalho mais seguro, rápido e lucrativo, uma vez que é possível aumentar a produtividade e reduzir custos no trabalho.

Empresas como a Husqvarna, multinacional sueca líder em equipamentos para o manejo de áreas verdes, apostam nesse crescimento do campo e intensificam a abertura de parcerias para novos pontos de venda. Nos próximos cinco anos pretendemos contar com 2.500 revendas autorizadas em todo o território nacional, sendo que ainda em 2014 pretendemos abrir: 80 no Sudeste, 60 no Norte, 60 no Nordeste, 60 no Sul e 40 no Centro-Oeste.

Além da adequação de fachada, com um investimento inicial de R$ 20 mil já é possível adquirir equipamentos e acessórios originais para comercialização. Outra vantagem são os treinamentos técnicos oferecidos pela empresa para que o lojista tenha condições de fazer a entrega técnica dos equipamentos e oferecer um serviço de qualidade de pós-venda e de manutenção dos produtos. O trabalho consultivo da nossa equipe, que ajuda a entender o perfil do pblico consumidor, e a sazonalidade da região em que atua também é um importante diferencial. Esse trabalho personalizado e consultivo é o que proporciona um aumento das oportunidades de venda.

Com o crescimento do agronegócio no Brasil, a tendência é que os números do setor aumentem cada vez mais, seja por meio da atividade direta no campo ou indiretamente com as empresas que prestam serviços aos profissionais do segmento. A atividade rural se transformou em um mercado altamente lucrativo, e, com o aumento das oportunidades de negócios, a tendência é que ele se fortaleça ano após ano.

André Lobo Faro é diretor nacional de Vendas e Serviços da Husqvarna, líder global no fornecimento de equipamentos para o manejo de áreas verdes e que comemora 325 anos em 2014

Tags: aberta, andré, coluna, faro, Sociedade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.