Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País - Sociedade Aberta

O primeiro semestre deixou dívidas?

Dora Ramos*

O primeiro semestre já se foi, e é chegada a hora de nos perguntarmos: alguma dívida foi contraída nesse período? As férias de julho nos fazem reparar que já estamos rumo ao final de ano e que este é o momento ideal para ser feita uma análise de como andam as finanças pessoais e concluir se está ou não no vermelho.

Dados como a alta quantidade de cheques sem fundo e a inadimplência revelam que nem tudo está fluindo corretamente no quesito planejamento para algumas pessoas. Por conta disso, agora é a hora de colocar as contas em dia para que os próximos seis meses sejam tranquilos e 2015 não comece com os mesmos problemas.

O balanço financeiro pode ser feito por meio de uma planilha que contenha os principais gastos obtidos desde o início do ano. Dessa forma, deve ser analisado quanto de bens supérfluos você adquiriu para não repetir a dose no segundo semestre. Outra dica é que, para as dívidas contraídas em longo prazo — especialmente em cheques, carnês e cartões de crédito —, recomenda-se a checagem do prazo de vencimento desses débitos, evitando ao máximo que fiquem contas para os últimos meses.

Entrar em situação de endividamento é algo que tira o sono de qualquer pessoa, não importando quem está no vermelho. Por isso, o mais indicado é que se tenha bom-senso, sem se deixar levar por atos impensados. Para evitar complicações financeiras, é fundamental que os consumidores menos prevenidos se programem, mantenham o foco em gastos realmente imprescindíveis e evitem, desse modo, o acúmulo de dívidas para o final de ano, época em que sempre queremos um dinheiro extra para gastar. Afinal, manter as contas em dia e o nome limpo é um fator importantíssimo para a felicidade de qualquer um.

* Dora Ramos, especialista em finanças pessoais e contabilidade, é diretora responsável pela Fharos Assessoria Empresarial.

Tags: aberta, coluna, dora, Ramos, Sociedade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.