Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

País - Sociedade Aberta

Um olho nos jogos da Copa e outro em seus pertences

Marcello Ursini*

Com a chegada do grande evento do ano, a Copa do Mundo no Brasil, algumas pessoas começam a se preparar para torcer com amigos e familiares em todos os cantos do país. Os sortudos que conseguiram garantir os ingressos para assistirem aos jogos no estádio, assim como aqueles que vão aos bares, lanchonetes e ruas devem ficar atentos para curtir esse momento de forma segura e sem danos. É a segunda vez que o Brasil irá sediar um Mundial – a primeira foi há 64 anos, em 1950. E, por isso, muitos ficam eufóricos para participar deste momento e registrá-lo.  Mas acabam esquecendo-se de cuidados básicos para garantir a sua segurança e dos seus objetos.

De acordo com um levantamento realizado pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, a cada três minutos um aparelho celular é roubado na maior capital do país, somando mais de 40 mil crimes desse tipo só este ano. Já os dados da F-Secure, empresa especializada em segurança digital, comprovam que o Brasil é o segundo país com maior índice de roubo de celulares no mundo, cerca de 25% dos brasileiros já tiveram um dispositivo móvel roubado.

Torcemos para que possamos todos nos empolgar com as comemorações de vários gols da nossa seleção e que sejam feitos os mais divertidos selfies durante o evento. Mas, como costumam dizer, cuidado nunca é demais, portanto, mesmo durante as partidas, procure ficar atento e seguir algumas regras básicas:

Evite carregar o celular na cintura ou bolsos traseiros;Se houver a necessidade de carregar uma bolsa, mantenha-a sempre protegida;Procure não andar sozinho e por caminhos desconhecidos. Chame sempre uma turma conhecida para lhe acompanhar;Evite realizar ligações em locais abertos e cheios. O próprio whatsapp é uma alternativa discreta para você poder se comunicar;Ao atender as ligações ou captar imagens em locais públicos, preste atenção nas pessoas à sua volta;O modo vibratório pode ser a solução em locais desertos e que oferecem riscos de roubo;

É claro que mesmo seguindo todas as precauções podem, infelizmente, ocorrer situações inesperadas. Em casos de assalto, é importante não reagir e entregar imediatamente os pertences. Lembre-se que os bens materiais você sempre pode recuperar depois.

No caso de celulares, entre em contato com a operadora assim que possível para bloquear a linha. Se você possui um smartphone, pesquise se ele possuía serviços de proteção em nuvem das informações e dados contidos no aparelho. E,  se o aparelho for segurado, informe a seguradora imediatamente, para iniciar o processo de entrada do sinistro.

Boa Copa!

                                                                                                                             *Marcello Ursini é  o diretor-geral da BemMaisSeguro.com, site de e-commerce, pertencente ao grupo Protect Your Bubble.

Tags: aberta, coluna, marcello, Sociedade, ursini

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.