Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

País - Sociedade Aberta

Onde está a soberania nacional?

Antero Priebke 

O secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, fez um alerta nesta semana aos turistas  que pretendem visitar o Brasil para a Copa do Mundo. Disse que não apareçam "achando que é a Alemanha". Um pouco antes, em 2012, já tinha falado que os organizadores brasileiros precisam de um "pontapé na bunda" para agilizar as obras do Mundial.

"Você não pode dormir na praia, primeiramente porque é inverno... Certifique-se de organizar sua acomodação, você não pode simplesmente chegar com uma mochila e começar a andar, não há trens, você não pode dirigir (de uma cidade-sede para outra)", disse nesta semana.

Um senhor que se diz secretário-geral de uma organização que representa a corrupção no mundo, envolvida nos últimos escândalos milhardários, em dólar ou em euro, esse servo da corrupção, que trabalha para uma federação denunciada por corromper em diversos momentos, como de escolha de um país sede da Copa ou de um dirigente, não tem autoridade moral para falar de criminosos. Portanto, não pode, pela soberania nacional, usar adjetivos de natureza vil contra o Brasil e, principalmente, contra o povo brasileiro. A população não pode ser agredida.

Esse cidadão, na sua juventude, deve ter assistido com grande alegria aos nazistas invadindo seu país e transformando aqueles velhinhos e aquela população tão respeitada pela "liberdade, fraternidade e igualdade" em abjetos, pelos amigos nazistas do Sr. Valcke. Quem é esse senhor para dizer que o Brasil não é a Alemanha? Onde estão os brasileiros com autoridade e responsabilidade patriótica e com poderes para proibir que esse senhor entre no Brasil?

Como pode um bucaneiro dizer que não se pode dormir nas praias do país, insinuando que podem ser assaltados? Essa agressão é claramente contra o Rio de Janeiro. Onde está a autoridade fluminense ou carioca? Ao se omitir na defesa de seu povo, concordam com esse vil funcionário de uma entidade que já foi séria. 

Onde está o povo brasileiro, que assiste covardemente uma declaração estapafúrdia? O povo, a soberania, as redes sociais, o país pobre não podem assistir ao que esse Sr. Valcke faz novamente com o povo. Uma vez falou que precisávamos de um pé na bunda, e agora nos chama de ladrões. Esse Sr. merece vir ao Brasil? Merece ter permissão de entrar neste país? Nossas praias são um reduto de assaltantes?

Em que a Alemanha é superior ao Brasil? Talvez, quando invadiu sua pátria França e ele, covarde, tem medo de sofrer nova invasão dos alemães.

Fora, Valcke!

Tags: ALEMANHA, Copa, Fifa, pé na bunda, valcke

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • Paulo Bandeira

    Vamos deixar de ufanismo idiota! A Alemanha é muito melhor que o Brasil. A começar pela educação. Você acha o quê? O Brasil é melhor porque tem samba e a alemanha não tem. É por causa de patriotadas como essa que o pais está do jeito que está!
    Faça-me o favor!

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.