Jornal do Brasil

Sábado, 30 de Agosto de 2014

País - Sociedade Aberta

Aprenda como enfrentar seus medos

“Os medos nada mais são do que estados mentais. E o nosso estado mental está sujeito a controle e direção”.

Todos nós temos nossos medos em diferentes proporções, setores e que variam dependendo da fase de nossa vida. As características pouco mudam, nos fazendo sentir paralisados e impedidos de tomar decisões, pois nos assustam como uma sombra ameaçadora. Sentimo-nos dominados, eles estão no comando.

Falo do medo que nos impede de tomar atitudes, de seguir em frente, e não do que nos chama a atenção quando existe perigo eminente. Aquele medo que nos alerta serve como um aviso precioso, chega como um relâmpago provocando uma reação física real e nos coloca em uma posição de decisão de atacar ou fugir. O outro tipo permanece cronicamente e nos impede de pensar racionalmente, se apoderando do corpo e da mente.

Existe uma pequena historia budista chamada A sala com 1000 fantasmas. Ela diz que, quando os monges querem adquirir mais sabedoria para aprender a superar seus medos, lhes é oferecido um atalho, uma dinâmica que acelera anos de meditação servindo como um tratamento de choque na busca do domínio desta emoção tão bloqueadora.

Caso você não queira ficar 20 anos fazendo meditação para enfrentar seus piores medos, faça esta dinâmica abaixo e sinta a diferença:

- Relaxe e feche seus olhos. Respire fundo e imagine que você está entrando por uma porta em uma sala com 1000 fantasmas e tem que sair do outro lado. Nesta dinâmica você tem um propósito, que é sair pela outra porta.

- Eles nos dão dois conselhos antes de entrar na sala:

1- Lembre-se de que tudo o que você verá, não importa quanto horrível pareça, é somente a projeção do seu pensamento.

2- Não importa o que você veja, pense ou sinta. Siga em frente, e você sairá pela outra porta, ileso.

Quando tiver medo, transforme-o nestes fantasmas ameaçadores, fazendo com que pareçam mais aterrorizantes ainda. Dê margens à sua fantasia e vá mais fundo imaginando o pior que eles possam lhe proporcionar. Use este ensinamento para enfrentá-los em situações diversas.

Lembra-te de que o que te assusta e te paralisa em diferentes fases da tua vida é a projeção dos teus pensamentos. Se você continuar em frente, engajado em seu propósito e objetivo, conseguirá “sair pela outra porta” e se suplantará. Perceberá que o poder para combatê-los está ao seu alcance, dentro de você mesmo. É só uma questão de aprender como usá-lo fazendo, assim, com que seu maior temor se transforme em mais uma grande superação. O importante é saber como enfrentá-los.

*Margareth Signorelli é 'coach' de relacionamento e terapeuta da EFT.

Tags: aberta, Artigo, JB, Sociedade, texto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.