Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

País - Sociedade Aberta

Ações socioeducativas com seu IR

Marcos Schwingel*

Todos os anos, milhares de brasileiros precisam fazer a declaração do Imposto de Renda (IR) à Receita Federal. Mas o que muitos não sabem é que podem doar uma parcela para entidades e abater a doação do total do IR devido. Além disso, ficou mais fácil fazer doações incentivadas, pois é possível realizar todo o processo por meio do próprio programa de IR. No entanto, algumas regras mudaram, e é preciso estar atento.

Até 30 de abril de 2014, as doações poderão ser feitas somente na pessoa física e por meio do software de declaração do IR - ano base 2013. Para doações realizadas durante esse período, a dedução está limitada a3% do IR devido. É importante considerar sempre o limite global de 6%, ou seja, se foi feita a doação no ano passado, você deve informar na receita, que já indicará no momento do registro se alguma regra infringe o limite global ou o máximo permitido este ano.

As doações somente serão permitidas para os Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMCDA), uma conta especial criada para recebimento de recursos financeiros, públicos e privados, que são destinados para ações socioeducativas direcionadas a crianças e adolescentes. Entre elas, está o Programa A União Faz a Vida, que tem como objetivo contribuir para a educação integral de crianças e adolescentes, em âmbito nacional, por meio de projetos educacionais cooperativos. Para mais informações, acesse o site auniaofazavida.com.br - Parceiros/Apoiadores. Depois, é só escolher a opção “Conselhos Municipais” e clicar na aba “Onde o Programa está cadastrado”.

Outro ponto importante é que o próprio software indicará o quanto as pessoas que possuem IR a restituir ou a pagar podem contribuir. É necessário apenas que o doador para o Programa A União Faz a Vida encaminhe um e-mail para a Fundação Sicredi (fundação@sicredi.com.br) indicando o nome completo do doador, CPF, valor e Fundo beneficiado.

Dessa forma você poderá aproveitar o momento de fazer a sua declaração de IR e, ao mesmo tempo, exercer sua cidadania de forma colaborativa, consciente e responsável.

* Marcos Schwingel é gerente de Educação Cooperativa da Fundação Sicredi. 

Tags: é que, importante, indicará, o próprio, outro, ponto, software

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.