Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

País - Sociedade Aberta

Cadê o Amarildo?

Wander Lourenço de Oliveira*

Onde estará o deputado Rubens Paiva? Cadê Stuart e Zuleika Angel Jones, a Zuzu? Cadê Henfil? Cadê Tito de Alencar Lima, o frei Tito, e o padre João Bosco? Onde estará Geraldo Vandré das Flores? Cadê Carlos Lamarca e a guerrilheira Iara? Cadê Carmem Jacomini, Ana Kusinski e Nilda Carvalho Cunha? Cadê Eduardo Collen Leite, o Bacuri? Onde estará Caetano Veloso e Glauber Rocha? Antônio Ferreira Pinto, o Alfaiate? Por onde andará mestre Taiguara? Cadê André Grabois, Lúcia Maria de Souza e Suely Kanayama? Onde estará Fernando Gabeira? Cadê José Humberto Bronca, o Zeca Fogoió? Onde estarão Augusto Boal e Heleny Telles Ferreira Guariba? Cadê Carlos Alberto Soares de Freitas, o Breno? Onde estão Carlos Marighella, Francisco Julião e Luís Carlos Prestes, o Cavaleiro da Esperança?

Cadê Vladmir Palmeira? Onde estão Chico Anysio e Wilson Simonal? Cadê Maria Célia Corrêa, a Rosa, Antônio de Pádua Costa, o Piauí, e Miguel Pereira dos Santos, o Cazuza? Onde estará Oduvaldo Viana Filho, o Vianinha? Cadê Batista do Araguaia e o doutor David Capistrano da Costa Filho? Onde estará Sérgio Sampaio? Cadê o barqueiro Lourival Paulino e Antônio Alfredo? Por onde andarão Ferreira Gullar e Mário Lago da Amélia? Cadê Manuel José Nurchis, Walkíria Afonso Costa, Vandick Reidner Coqueiro e Antônio Ribas João Qualatroni, o Zebão? Onde estará José Celso Martinez Correa, o Rei da Vela? Cadê Telma Regina Corrêa, a Lia, e Cilon Brun, o Comprido? Onde estarão Dinalva Oliveira Teixeira, a Dina, e João Carlos Haas Sobrinho, o Dr. Juca? Onde estarão Mário Prata e Marilene Villas-Boas Pinto?  

Onde estão Ângelo Arroyo, o Joaquim, e o italiano Líbero Giancarlo Castiglia, o Joca? Cadê o negro Osvaldo Orlando da Costa, o Osvaldão? Onde estará Alfredo Dias Gomes? Cadê Antônio Carlos Monteiro Teixeira, o Antônio da Dina? Onde estarão Gianfrancesco Guarnieri e João do Vale, o Carcará? Cadê Wladimir Herzog, o Wlado? Cadê Juca Chaves, o Menestrel? Cadê Ruy Carlos Vieira Berbert? Por onde andará Leila Diniz? Cadê Antônio Alfredo de Lima e Virgílio Gomes da Silva, o Jonas? Por onde andará Marília Pêra, a Juju? Cadê Bonarges de Souza Massa, o Felipe, e Elza Monnerat, a dona Maria? Cadê Antônio Callado e João Amazonas, o Velho Cid? Onde estarão Micheas Gomes de Almeida, o Zezinho, e Adriano Fonseca Filho, o Chico? Cadê Jards Macalé, o Batman de Gotham City? 

Por onde andará José Genuíno, o Geraldo? Onde estarão Graciliano Ramos e cadê Zé Kéti da Dina? Cadê Helenira Resende, a Fátima, e Walter de Souza Ribeiro? Cadê Odair José? Cadê Luzia Reis, a Baianinha, e Luiza Garlippe, a Tuca? Por onde andarão Cícero Dias e Hélio Oiticica? Cadê Lúcio Petit, o Beto, e Carlos Danielli, o Antônio? Onde estará Sérgio Ricardo do Violão? Cadê Kleber Lemos da Silva, o Carlito, Guilherme Lund, o Luís, e Divino Ferreira de Sousa, o Nunes? Onde estarão Gilberto Olímpio Maria, o Pedro, e Antonio Guilherme Ribas, o Ferreira? Onde estará Glauber Rocha das Mortes? Cadê Crimeia Schmidt de Almeida, a Alice, e Pedro Alexandrino de Oliveira, o Peri? Onde estarão Jaguar e Ziraldo, o Maluquinho? Cadê Dênis Antônio Casemiro, Dimas Casemiro, Flávio Carvalho Molina, Francisco José de Oliveira, Frederico Eduardo Mayr e Grenaldo de Jesus da Silva? Por onde estará Paulo Francis, o intelectual?

Cadê Uirassu de Assis Batista, o Valdir, e Paulo de Tarso Celestino? Cadê Chico Buarque de Holanda, o menestrel? Cadê Rosalindo de Sousa, o Mundico, e Pedro Matias de Oliveira, o Carretel? Cadê Jorge Amado e Teotônio Vilela? Cadê Jairo Mendes? Por onde andará João Saldanha, o Sem Medo? Cadê João Carlos Wisnesky, o Paulo Paquetá, e Franklin Martins? Cadê Sérgio Cabral, o Pai? Cadê os irmãos Dourado, Ivo e Nelito? Onde estarão o bêbado e o equilibrista Aldir Blanc e José Geraldo, o Zé dos Pombos? Cadê Luís Renê Silveira, o Duda, e Rodolfo Troiano, o Mané? Cadê Gilberto Olímpio Maria, o Pedro, Antonio Guilherme Ribas, o Ferreira, e Elmo Correa, o Lourival? Onde estarão Plínio Marcos e Gonzaga Jr, o Gonzaguinha?

Eis a pergunta que não quer calar: enfim, entre mortos e desaparecidos, cadê o preso político Amarildo Dias de Souza, o Boi?

*Wander Lourenço de Oliveira, doutor em letras pela UFF e pós-doutorando da Universidade de Lisboa, é escritor e professor universitário. Seus livros mais recentes são ‘O enigma Diadorim’ (Nitpress) e ‘Antologia teatral' (Ed. Macabéa). - wanderlourenco@uol.com.br

Tags: cabral, Carlos, e franklin, João, martins cadê, o, o pai, paquetá, paulo, Sergio, wisnesky

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.