Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

País - Sociedade Aberta

Mais tolerância e respeito, por favor

Mylena Cooper*

No dia 21 de janeiro foi comemorado o Dia Mundial da Religião e o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. Essa data é muito importante para nos lembrarmos que existem centenas de religiões ao redor do mundo e que não cabe a nós julgar os preceitos e diretrizes das religiões, nem o porquê da escolha individual das pessoas por um determinado credo. O objetivo da criação dessa data é justamente promover a união e o respeito sobre a fé de cada um.

Ao comemorarmos a passagem do Dia Mundial da Religião nós, do Crematório Vaticano, afirmamos nossa escolha pelo ecumenismo, que se assemelha ao objetivo da criação dessa data: a interpretação de cada credo para a figura de Deus, que pode ser onipotente, onisciente e onipresente. A palavra religião vem do latim, e seu significado define-a como o conjunto de crenças e dogmas que levam o homem ao sagrado, onde cada denominação religiosa apresenta suas práticas e ritos próprios, envolvendo formas de comportamento e de cumprimento dos preceitos morais.

Nas sociedades regidas por um governo laico, como é o caso do Brasil, o Estado deve respeitar todas as religiões, não manifestando preferência por nenhum tipo de crença.

Mais do que uma questão de princípios individuais, a escolha da religião é um direito legal, defendido em constituições. Não há justificativa aceitável para quem oprime, violenta ou discrimina pessoas com religiões diferentes dos opressores. Viver em sociedade é praticar a tolerância e o respeito, e isso é ainda mais evidente quando falamos sobre escolhas religiosas ou ideológicas.

Afinal, viver com fé é uma forma de dar equilíbrio à vida. O mais importante não é o milagre, mas a disciplina para manter o equilíbrio, não desanimar e persistir.

* Mylena Cooper é diretora do Crematório Vaticano, com sedes em Curitiba, Balneário Camboriú e Blumenau.

Tags: a vida, afinal, com fé, de dar equilíbrio, é uma forma, viver

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.