Jornal do Brasil

Quarta-feira, 18 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Rio

Governo convoca base governista para barrar pedido de impeachment de Crivella

Mas oposição promete insistir na investigação e propõe a CPI da Márcia

Jornal do Brasil

O governo convocou a base governista para a sessão extraordinária da Câmara de Vereadores, na tarde desta quinta-feira (12). O líder, dr Jairinho (MDB), diz já ter confirmados 30 vereadores que barrarão o pedido de impeachment do prefeito Marcelo Crivella.

Mas a o oposição não vai desistir de investigar as declarações de Crivella que favoreceriam um grupo religioso em cirurgias de catarata, vasectomia e varizes e na legalização de processos de IPTU. Durante a sessão, a vereadora Teresa Bergher (PSDB) vai apresentar o requerimento de instauração da CPI da Márcia. “Os fatos são muito graves e esta é a carta na manga da oposição para que o prefeito seja investigado. Há fortes indícios de crime de responsabilidade que precisam ser esclarecidos. Na gravação, Crivella promete beneficiar um determinado grupo, enquanto o resto da população amarga na fila da saúde”, reclama a vereadora.

>> Maioria simples pode abrir impeachment de Crivella, diz Procuradoria da Câmara

Governo convocou a base governista para a sessão extraordinária da Câmara de Vereadores com o objetivo de barrar o pedido de impeachment de Crivella

Teresa diz já ter as 17 assinaturas necessárias para apresentar o pedido - dos mesmos vereadores que assinaram a convocação extraordinária no recesso. Mas vereadores da base governistas também prometeram apoiar o requerimento. “O desgaste para a base é muito grande e eles vão pedir ao governo a liberação para assinar, para minimizar este desgaste”, explica Teresa.



Tags: crivella, câmara, impedimento, prefeito, rio

Compartilhe: