Jornal do Brasil

Sexta-feira, 20 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Rio

Funcionários do Centro Presente fazem protesto na Avenida Presidente Vargas

Jornal do Brasil

Funcionários do Centro Presente, responsáveis por ajudar na segurança no Centro do Rio de Janeiro, fazem protesto na Avenida Presidente Vargas, na altura do Sambódromo. Eles ocupam uma faixa da Avenida, em protesto contra a prefeitura do Rio de Janeiro, que não deve renovar o contrato dos agentes de segurança. O Centro Presente é financiado pelo município em parceria com o Sesc/RJ.

O objetivo dos manifestantes é seguir em marcha até a Igreja da Candelária, onde uma oração está marcada para as 13h. Depois, eles devem caminhar até a Alerj, onde serão recebidos pela deputada Martha Rocha. De lá, eles devem seguir para a Câmara dos Vereadores e fazem um novo ato no local às 16h.

O contrato do Centro Presente termina no dia 1 de julho e ainda não há previsão de renovação. A prefeitura do Rio pretende substituir o programa pelo Rio Mais Seguro, que já funciona em Copacabana e no Leme, zona Sul da cidade.

Guardas ocuparam faixa da Avenida Presidente Vargas



Tags: centro presente, manifestantes, protesto, rio de janeiro, sambódromo, sesc

Compartilhe: