Jornal do Brasil

Domingo, 24 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Rio

Rio, capital mundial da arquitetura

Jornal do Brasil

O Conselho Superior da União Internacional dos Arquitetos (UIA) foi unânime e aprovou, ontem, em Oaxacha, no México, a indicação da cidade do Rio de Janeiro à capital mundial da arquitetura. O conceito foi criado num contrato entre a entidade e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), que deverá formalizar o título em agosto. O Rio receberá o 27º Congresso Mundial de Arquitetos em 2020, e o documento afirma que o ideal é que a cidade-sede do encontro receba a homenagem. 

Para a secretária de Urbanismo, Infraestrutura e Habitacão, Verena Andreatta, o título trará grandes possibilidades à cidade. “Eles destacaram o profissionalismo da apresentação e nossa qualificação para realizar todo um calendário em 2020 para o 27º Congresso, e muitos outros eventos listados por nós, como o Fórum Global. Estamos felizes e ansiosos”, disse a secretária municipal. Presidente do Comitê Executivo do UIA2020RIO, Sérgio Magalhães disse que há deveres de casa a serem feitos. 

“O programa do Rio Capital Mundial da Arquitetura UIA/UNESCO 2020 pressupõe uma ampla reflexão sobre a questão arquitetônica-urbanística, com a identificação de metas que possam ser traçadas para os marcos de 2025 e 2030, tanto para a cidade do Rio de Janeiro como para o sistema urbano do país como um todo, articuladas com as metas da Unesco e da ONU”, afirmou Magalhães. A ONU e Unesco traçaram objetivos para todas as cidades do mundo, e os prazos para eles serem atingidos são justamente de 2025 e 2030.



Tags: arquitetura, brasil, méxico, rio, título

Compartilhe: