Jornal do Brasil

Domingo, 27 de Maio de 2018 Fundado em 1891

Rio

Polícia Civil investiga transporte e revenda de gás por milícia no Rio

Jornal do Brasil

A operação realizada nesta quarta-feira (25) contra a milícia “Liga da Justiça” que age nos bairros de Santa Cruz, Paciência e Campo Grande, na zona oeste do Rio apreendeu 25 utilitários que fazem o transporte alternativo (vans) entre vários bairros da zona oeste da cidade e estavam circulando de forma irregular.

Esse tipo de transporte é controlado pela milícia. Um deles era roubado e estava usando uma placa clonada. Alguns veículos trafegavam em péssimo estado de conservação e com documentação irregular e outros fazendo o transporte de passageiros sem autorização dos órgãos concedentes.

A operação é mais uma forma de a Polícia Civil atingir o braço financeiro da milícia na região. A operação é feita por fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários em apoio à ação policial.

Fiscais da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis estão participando da operação para fiscalizar os depósitos de revenda de botijões de gás de cozinha. Os moradores das comunidades da zona oeste são obrigados a comprar o gás nos depósitos que são explorados pelos milicianos a preços majorados.

De acordo com o diretor do Departamento Geral de Polícia da Capital, delegado Fábio Barucke, ao todo 180 homens de várias delegacias especializadas participam da ação que já cumpriu até agora 14 mandados de prisão, sendo 11 contra integrantes da milícia. Esta é a segunda operação realizada este mês contra a Liga da Justiça, a maior milícia do Rio.

Agência Brasil


Tags: acordo, diretor, liga da justiça, milícia, operação, rio, zona oeste

Compartilhe: